Arquivo mensal: outubro 2007

Direitos autorais

Pessoal, peço por gentileza que quando alguém quiser reproduzir qualquer texto do meu blog que seja solicitada autorização, a não ser que o material seja publicado na área de clipping de algum site. Mas a reprodução total do material aqui publicado deve passar por minha autorização. Acho que é uma questão de respeito com o autor, de não ferir os direitos autorais. O correto, o mais ético, é a pessoa colocar um link da notícia para cá. Aí, sim, promovemos uma troca saudável de visitantes.

Dica do Dia

Dê preferência às massas integrais. As massas brancas são açúcares de rápida absorção. Sendo assim, o impacto na glicemia é mais intenso e mais rápido. Os carboidratos complexos, demoram mais para serem absorvidos pelo organismo. Por isso, são melhores para consumirmos.

Receita desajeitada

Estou com uma virose chata. Desde quinta-feira passada estou um caco. Ontem, me deu vontade de comer um doce. E acabei improvisando um docinho diet. Fiz sem receita mesmo, se você quise testar… mas, olha, eu não me responsabilizo se der errado. Fiz no olhômetro, no meio do caminho quase desisti, mas não é que deu certo. E ficou uma delícia. E é diet. E a gente pode comer, sem exagero, é claro.

Anota aí a receita:

– uma dose de coragem– dois quadrados de um tabletão de 500g de chocolate diet ao leite, da Nestlé

– um ovo

– um pouco de leite (não anotei a quantidade)

– um colher (de sopa) rasa de amido de milho

Derreta o chocolate em banho maria, ou no microndas, mexa bem, acrescente o leite e vá mexando, coloque o ovo, continue mexendo bem para manter homogênio. Por último, coloque o amido de milho. Coloque em forminhas de pão de mel e leve ao forno pré-aquecido. Deixe por 15 minutos em fogo baixo (180 graus). Tire da forma e sirva quente, com sorvete diet. Ficou um misto de petit gateau e brownnie. 

Experiências de Vida

Estou fazendo uma matéria ampla sobre Diabetes para a Revista da APM. E estou colhendo depoimentos de pessoas que têm no médico o apoio e as informações necessárias para manter a saúde em dia. Quem quiser participar… deixe um recadinho aqui.

Aliás, também quero publicar experiências de outras pessoas aqui no blog. Candidatos? Deixem seus recados. Vou inaugurar semana que vem uma área com depoimentos e entrevistas de pessoas que, como eu, são portadoras de diabetes. A idéia é promover a troca de experiências. Afinal, cada um processa as coisas de um jeito. E contar pode ajudar outras pessoas a superarem os limites que a doença nos impõe. Podemos aprender com a história de outras pessoas.

Dia 14 de novembro: Dia Mundial do Diabetes

logo_dia_mundial_generico.jpgTodo ano, em 14 de novembro, é celebrado o Dia Mundial do Diabetes. Em 2007, o tema é Diabetes em Crianças e Adolescentes.

Segundo a organização internacional, o objetivo da campanha 2007/2008 “é lutar para que nenhuma criança fique sem tratamento ou morra por causa do diabetes”. A escolha do tema foi baseada em estatísticas da International Diabetes Federation (IDF), que  mostram que a cada ano mais de 70 mil crianças desenvolvem diabetes tipo 1. No mundo, 440 mil crianças com menos de 14 anos têm diabetes tipo 1.

Ainda segundo a IDF o diabetes tipo 2, que antes se desenvolvia apenas em adultos, está aumentando com uma rapidez alarmante entre crianças e adolescentes, especialmente entre minorias étnicas, em decorrência da obesidade e da falta de atividade física. Atualmente, calcula-se que mais de 200 crianças desenvolvem diabetes a cada dia.

Com o apoio da ONU – Organização das Nações Unidas foi assinada uma Resolução que reconhece o diabetes como uma doença crônica, debilitante e de alto custo, principalmente quando associada a complicações severas. No Brasil, a Sociedade Brasieleira de Diabetes e a Associação Nacional de Assistência ao Diabetes apóiam a campanha mundial.

A Anad, por exemplo, vai realizar mais uma vez a campanha de detecção do Diabetes, no dia 11 de novembro, no Colégio Madre Cabrini, na Vila Mariana.

Serviço: 

Sociedade Brasileira de Diabetes (www.diabetes.org.br) – sede – Rua Afonso Brás, 579, salas 72/74, Vila Nova Conceição, CEP: 04511-011 – São Paulo – SP, Telefax (11) 3846-0729. Redação: info@diabetes.org.br.

Anad – Associação Nacional de Assitência ao Diabéticowww.anad.org.br

Dica do Dia

Comer no máximo quatro frutas por dia, nunca de uma vez só. Comer uma de cada vez, em horários diferentes, sem repetir a fruta durante o dia. Lembrando que algumas frutas possuem alto índice glicêmico, e devem ser intercaladas com frutas que possuem baixo índice.

Saúde Todo Dia

Concedi uma entrevista, no mês passado, para um novo programa do Canal Futura, o Saúde Todo Dia, que tem o apoio do Hospital Sírio-Libanês e é feito em parceria com a Rede Globo. O lançamento do programa, no dia 18 de setembro, teve a apresentação do primeiro episódio de uma série de dez: Saúde e Câncer. 

O lançamento, no auditório de Instituto de Pesquisa e Ensino do Hospital Sírio-Libanês, contou com a apresentação de Ana Maria Braga, que se emocionou ao final da exibição do programa. 

Com um formato dinâmico e focado na experiência de pessoas que passaram ou são portadoras de determinadas doenças, o programa agradou ao público presente.

O foco nos personagens aproxima o telespectador do assunto tratado, porque acaba por humanizar a doença. E mostra, na prática, como o olhar, a forma de vivenciar a doença faz diferença no tratamento. 

A estréia do programa na TV foi no dia 29 de setembro. A minha participação vai ao ar no episódio Saúde e Doenças Crônicas – Diabetes, no dia 29 de dezembro, às 18h30, com reprise nos dias 30 de dezembro e 3 de janeiro.  

A série de programas também será usada em projetos de Educação em Saúde. Iniciativas como esta tem de ser divulgadas, difundidas e cada vez mais fazer parte da grade televisiva. 

Eu, particularmente, adorei participar e dar o meu depoimento sobre a minha experiência. Coisa que eu procuro fazer aqui todos os dias.