DIABETES EM DEBATE: A CIRURGIA VERSUS O TRATAMENTO CLÍNICO


Diabetólogo e cirurgião respondem se a cirurgia metabólica já é uma realidade no Brasil, país que lidera estudos sobre a operação no mundo  

“A cirurgia metabólica para diabetes é uma realidade?” Para responder a essa pergunta será realizado um debate reunindo os médicos Ricardo Cohen, especializado em cirurgia metabólica, e Bernardo Leo Wajchenberg, endocrinologista renomado no tratamento clínico do diabetes. Os dois especialistas garantem um debate aprofundado sobre essa nova alternativa que desponta para o tratamento do tipo 2 da doença, que ameaça tornar-se uma epidemia, ao atingir 226,5 milhões de pessoas no mundo, em 2012, devido a hábitos de vida como o sedentarismo e a alimentação pouco saudável. O encontro será AMANHÃ, quarta-feira (27/02), às 19 horas, no anfiteatro do Hospital Osvaldo Cruz, em São Paulo.

Ricardo Cohen vai apresentar as vantagens do tratamento cirúrgico como opção para o controle do diabetes mellitus tipo 2. Desde 2005, Cohen desenvolve a técnica de exclusão duodenal para a cirurgia metabólica, por meio de protocolos experimentais aprovados no Comitê de Ética em Pesquisa do Ministério da Saúde. “Temos um resultado de mortalidade zero com 50 pacientes operados não-obesos, que têm o diabetes controlado sem medicamentos”, afirma Cohen.

Um dos mais respeitados endocrinologistas brasileiros, Bernardo Leo Wajchenberg é autor de mais de 200 artigos científicos, dois livros e dezenas de capítulos em publicações. O ex-presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes, entre outras sociedades científicas, é chamado de diabetólogo, devido ao aprofundado conhecimento da doença e seu tratamento clínico.

Ricardo Cohen é doutor em cirurgia pela Universidade de São Paulo, com residência médica nos Hospital das Clínicas. É reconhecido como cirurgião gastroenterologista, com especialidade em cirurgias bariátrica e metabólica. Tem cinco livros publicados (três no exterior e dois no Brasil), 25 capítulos em livros de autores nacionais e 20 de autores estrangeiros. Além de 21 artigos publicados em revistas nacionais e 24 em periódicos estrangeiros. Com mais de 100 palestras e aulas apresentadas em congressos, cursos e simpósios, presidiu a comissão científica do X Congresso Brasileiro de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, em Curitiba, em dezembro passado. É membro de diversas instituições, como o Colégio Brasileiro de Cirurgiões e Sociedade Americana de Laparoscopia.

O TRATAMENTO CIRÚRGICO DO DIABETES MELLITUS TIPO 2

Data:                          27 de fevereiro de 2008

Horário:                     19 horas

Local:                         Anfiteatro do Hospital Osvaldo Cruz

                                   (Rua João Julião, 331 – Paraíso – São Paulo – SP)

133 ideias sobre “DIABETES EM DEBATE: A CIRURGIA VERSUS O TRATAMENTO CLÍNICO

  1. Edilberto Pinheiro Leite

    Gostaria de saber mais sobre este tipo de cirurgia e onde
    eu poderia encontrar um médico aqui no estado do Rio que
    já estar utilizando este método.

    Resposta
  2. simone

    gostaria de sabe rmais sobre a cirurgia pra diabeticos ,sou diabetica insulina dependente e qria me candidatar a fazer a cirurgia no HC

    Resposta
  3. Nadia cavalcaNte

    gostaria de saber mais sobre a cirurgia de diabetes,e como faço para conseguir faze-la pois sou diabetica a 7 anos tomo de 2a4 injeções de insulina por dia, e comprimidos tambem.

    Resposta
  4. Benedito Nugnezi de Jesus

    É eu sou mais um. Sou diabético há 30 anos.Presiso melhorar minha qualidade de vida. Meu problema é genetico e só uma mudança pode dar resultados bons. Estou a busca da cirurgia do intestino AJUDE-ME

    Resposta
      1. elza mendes de freitas

        sou diabetica desde 96 tomo insulina,peso 74 kg,tenho 1:50 de altura,tenho 72 anos,sou ipertensa.
        endereço para correspondencia:Moro na zona rural,sitio freitas,saida para Nova Olimpia Km 1,cidade de Maria Helena no Parana.CEP -87480-000

  5. Magaly Rezende

    Gostaria de receber mais informações sobre a tal cirurgia. Informações essas como: local, agendamento, recursos, convênio, preparação e outras respostas que complete o parecer da tal cirurgia. Moro em Brasília, sei que a cirurgia está sendo feita com bom sucesso em Goiânia mas é um preço muito inacessível. Espero respostas.

    Resposta
    1. Kharlo Emmanuely Gonçalves de Oliveira e Silva

      Magaly poderia me dizer se esta cirurgia que está sendo feita em
      Goiânia, é com o Dr. Renel Pires de Paiva?? no Instituto de Cirurgia Bariátrica?? E se é no pancreas mesmo??

      Resposta
  6. suzi rocha

    Ola,gostaria de mais informacoes sobre essa cirurgia para diabéticos, pois meu sogro é alemäo, reside na Alemanha, é diabético, faz uso (aplicacao), de insulina, como poderia me informar mais sobre a cirurgia, médico,hospital, cidade etc…Aguardo respostas

    Resposta
  7. Ismália Andrade Borges e Andrade

    Sou diabética a 12 anos,tem hereditariedade na familia de meu pai quase a familia inteira é diabetico.
    Queria informacões sobre esta cirurgia,moro em Brodowiski,perto de Ribeirão Preto queria saber se aqui já esta fazendo esta cirurgia.
    Meu diabetes é o tipo 2 tomo remedios e não insulina.
    Sou uma candidata a fazer a cirurgia pelo hospital das clinicas.

    Resposta
  8. mara lucia

    sou diabética por hereditariedade por mae e pai, tenho a doença a mais de 10 anos, tomo medicamentoe uso insulina regular,moro em campo grande-ms,gostaria de saber se faço contato com algum hospital , para fazer parte deste tratamento e até a cirurgia.

    Resposta
  9. Aldivam José da Costa Honorato

    Há vários anos sou portador do diabete tipo 2, tomo vários medicamentos, além de outros em virtude de uma Insuficiência Cardiaca. ( dois tipos de Insulina, (lantus e humalog), Aas, Actor, Aldactone, Apresolina, Captopril, Cardiloll, Cedur Retard, Digoxima, Galvus, Lasix, Lipitol, Metformina, Sustrate e Tegretol, e os resultados sobre o diabéte é muito pouco. Tenho 1,69 mt de altura e pelo 86 kilos, estou com 64 anos de idade. Gostaria de saber se posso me submeter a este novo tipo de experiência cirurgica e como fazer para ser indicado para a cirurgia.
    Aldivam Honorato.
    Endereço para correspondência
    Rua da Castanheira, 185 – Bairro Nova Parnamirim CEP 59152-005 Cidade de Parnamirim, Estado do Rio Grande do Norte.

    Resposta
  10. teomar

    sou diabetico tambem do tipo 2, preciso saber mais sobre a cirurgia pois, tenho uma má qualidade de vida, vivo em salvador-ba. obrigado.
    aguardo resposta

    Resposta
  11. eder barbosa chaves

    Olá, sou de Campo Grande, MS e gostaria de saber na realidade quando exatamente estarão fazendo a cirurgia para diabéticos do tipo 2, em qual lugar estará fazendo e quanto custará pois estou muito ancioso e na primeira oportunidade quero fazer a cirurgia, favor se possível responder a esta pergunta o mais brabe possível.

    Grato…….

    Resposta
  12. Everaldo Vieira de Lima

    Meu filho tem 20 anos de idade, recentemente, começou a perder peso, fizemos os exames, foi confirmado, diabete mellitus tipo 1, iniciamos o tratamento, estamos muito preocupado, o nível de açucar não tem baixado para os valores ideias. O que devemos fazer. Sendo inicio de tratamento, com insulina é normal???

    Resposta
  13. Bruna

    Boa tarde!
    Gostaria de saber, se aqui no Rio d eJsneiro, já estão fazem essas cirurgia da diabete? E pra qual seria o tipo de diabete tipo 1 ou tipo 2?
    Obrigada!

    Resposta
  14. sandra

    oi meu marido e diabetico estou em belo horizonte e gostaria de saber mais a respeito,quais hospitais ja fazem, quais os cuidados apos a cirurgia se e o mesmo que a de reduçao de estomago.

    Resposta
  15. Margareth Portes

    Meu marido tem diabetes tipo 2. Gostaria de saber informações sobre a cirurgia realizado em Goiania. Indicações, preço, etc.
    Obrigada

    Resposta
  16. patricia

    tenho um amigo que tem 46 e tem diabete tipo 2 .e gostaria de saber se ele pode fazer esse tipo de cirurgia onde e como e se tem risco e quanto custa.e em qual hospital.obrigado.espero resposta.

    Resposta
  17. mariangela neto soares.com

    peço informações sobre cirurgia p/diabetes.vi reportagem sobre assunto com depoimento de cura.onde ja se realiza,risco,enfim todas as informações possiveis.aguardo resposta e desde ja agradeço.

    Resposta
  18. DOUGLAS FURTADO

    gostaria de saber sim noMaranhao ja faz esta cirurgiap/diabetes equal omesdico se tive onde encontro mais proximo.qero sabe todas as infomaçoes sobre oasunto

    Resposta
  19. ana paula

    Minha mãe tem diabete,e quer fazer a cirurgia.Alguém me passe endereço de uma clínica especialisada………….Obrigado……….

    Resposta
  20. Rosely Alves

    BOA TARDE, FIQUEI FELIZ AO CLICAR NESTE SITE, E GOSTARIA MUITO DE INFORMAÇÕES SOBRE A CIRURGIA PARA DIABETICOS POIS MEU PAI SOFRE COM ESTÁ DOENÇA A MAIS DE 40 ANOS E DEPENDENTE DE INSULINA 3 VEZES AO DIA E MAIS MEDICAÇÃO VIA ORAL. POR FAVOR ME AJUDE SABER ONDE ME INFORMAR, E ONDE E RERALIZADA ESSA CIRURGIA. OBRIGADA E PARABÉNS.

    Resposta
  21. rita de cassia

    boa tarde gostaria de saber a respeito dessa cirurgia de diabete tenho um filho c 11anos com diabete ele faz tratamento homeopatico ele nao usa insulina só remedios via oral,moro em sao paulo gostaria de saber se aqui faz aonde e quanto custa ?obrigada

    Resposta
    1. Aliene

      Boa noite,
      Rita, meu nome é Aliene sou do RJ e descobri que minha filha de 8 anos é diabetica em dezembro de 2009. Não aceito de jeito nenhum e ao contrário do seu filho ela usa insulina, o que para mim é um tratamento absurdo ao se tratar de uma criança.
      Gostaria de saber a respeito do tratamento homeopático que seu filho faz, pois os médicos dizem que não tem tratamento ora para criança. Se puder me ajudar e tirar a minha dúvida, agradeço muito.
      Aguardo seu contato o mais breve possível, segue meu email alienesantos2@yahoo.com.br

      Resposta
  22. SEILA DE AZEVEDO LIMA

    Sou diabetica timpo 1 tenho 35 anos e a 17 anos tenho a diabetes, existe cirugia para o diabetes tipo 1?
    se tem, como faço para entrar em contato.

    Obrigado!

    Seila Lima

    Resposta
  23. Silvia

    Silvia

    Gostaria de receber mais informações sobre a cirurgia pra diabeticos. Informações essas como: local, agendamento, recursos, convênio, preparação e outras respostas que complete o parecer da cirurgia. Moro em Londrina.

    Espero respostas.

    Resposta
  24. Alessandra Martins Lima

    Olá…
    Sou diabética há 2 anos, foi por motivo de stress e nervoso que adquiri, gostaria de receber mais informações sobre a cirurgia pra diabeticos. Informações essas como: local, agendamento, recursos, convênio, preparação e outras respostas que complete o parecer da cirurgia. Moro em São Paulo.
    Agradeço a atnção.

    Resposta
  25. Geny

    Boa Noite!
    Minha mãe e eu temos diabetes,por favor onde tem hospital que faz a cirurgia?
    Minha mãe faz tempo que tem,eu apareceu o problema agora.
    Sou de Campinas.
    Aguardo resposta.
    Meus sinceros agradecimentos.

    Resposta
  26. Sidney Mota Cardoso

    sou diabetico 8 anos e nao suporto usar insulina gostaria se possivel vc me ajudar,indicado um medico que faça essa cirrugia no diabetico tipo 2.tenho urgencia por favor.

    Resposta
  27. Fátima

    gostaria de saber sobrê a cirurgia p/ diabéticos, que passou reportagem dia 19/02/2009,que só é feita em goiania uo sp ,minha diabéti não uso insulina só metformina 850mg

    Resposta
  28. Rafael

    Resido no Sul de MInas e gostaria de receber esclarecimentos sobre a cirurgia para diabetico Tipo 2 que é o meu casa, tenho 58 anos e gostaria informações de onde posso consultar-me para a sua realização.

    Resposta
  29. Roberto

    Boa noite!!!!

    Tenho 30 anos, e no mês de julho/2008, descobri que tenho diabetes tipo 1, sendo assim, gostaria de saber mais sobre a cirurgia que dizem que nos curam da diabetes.

    grato,

    Roberto
    (11) 7863-3246

    Resposta
  30. evaldo valladão

    Sou diabético tipo 2 a 10 anos, tenho preocupação com meus olhos e rins. Faço uso de metiformina de 850 (3x), actos, azucom e insulina injetável (noite) para manter um nível de 120. Moro em Niterói e adoraria me livrar dessa molétia abominável.
    Como e onde fazer a cirurgia, no eixo Niterói-Rio.
    Grato
    Valladão

    Resposta
  31. Jandira Ramos dos reis

    Olá, meu filho tem 17 anos e a 02 anos descobrimos o diabetes. Confirmado pelos médicos como sendo diabetes tipo I, gostaria de saber se já existe cirurgia para diabetes tipo I ou essa realizada para tipo 2 pode ser realizada tbém para tipo I.
    E tbém gostaria de receber endereços de clínicas e médicos especilista nessa cirurgia.

    Aguardo resposta.

    att.
    Jandira Ramos dos Reis

    Resposta
  32. Karin

    Fico impressionada com o número de pessoas que escrevem aqui pedindo orientações sobre o diabetes. A única pessoa ralmente habilitada para dar informações sobre o diabetes é o médico. É importante compatilhar sentimentos e acontecimentos, mas o mais importante é procurar orientação perita. Cada diabético é um diabético. Uns têm depressão, outros não. Uns têm hipersensibilidade à insulina, outros tampouco. Até mesmo a quantidade de insulina difere de um diabético p/ outro. Cada diabético tem uma peculiaridade. Por exemplo, tenho uma amiga que mede cerca de 10cm a menos do que eu e toma bem mais insulina, enquanto que eu tomo apenas 16 unidades da basal. Alguns diabéticos têm uma propensão à resistência insulínica, e isto pode significar um aumento significativo nas doses diárias. CADA DIABÉTICO É UM DIABÉTICO. Imagine se eu disser a um diabético que tomo cerca 2 unidades de insulina para 15g de carboidratos pq tenho uma certa resistência insulínica? E se caso esse diabético estiver no início do diabetes ou tiver uma certa tendência à hipoglicemias???? Imagine o estrago que não iria fazer??? Por isso é importante consultar um especialista.
    Abraços,
    karinjantsch1@gmail.com

    Resposta
  33. samara

    ola bom adorei teu blog!!adorei mais em saber que existe esperança de eu ver meu pai sorrir novamente !! ele tem a diabetes tipo 2 e junto com ela conseuqnetmente a obesidade e deixou de sorriri a muito tempo !! nao sei mais oque faço para ajuda lo !!hoje eu curso enfermagem na esperança de poder ajudar ele e outros pacientes com o memso probçlema!! mas esta cirurgia bariatrica me deu uma nove esperançã embora convence lo e obter informaçoes seje uma tarefa um tanto ardua !! mas nao vou deisitir enqunato nao ver meu pai orriir novamnete e gostaria de sua ajuda se poder me informar sobre esta cirurgia aqui em campo grande mato grosso do sul nossa ajudaria muito !! bom desde já agradeço e deixo mil beijinhos pra vc !!

    Resposta
  34. GABRIELA

    OLÁ, SOU GABRIELA, MORO EM SALVADOR, TENHO 1,80 DE ALTURA E 98 KG, SOU GORDINHA, MAS TENHO DIABETES TIPO 2, NÃO ME CUIDO AINDA, PQ MINHA GLICEMIA VARIA DE 120 A 200, SOU RELAXADA MESMO, AINDA NAO TENHO COMPLICAÇÕES, NEM TOMO MEDICAMENTOS (DEVERIA, MAS NÃO), COMECEI A LER SOBRE CIRURGIA METABÓLICA, QND ENCONTREI UMA SENHORA NO HOSPITAL, QUE ME FALOU SOBRE, NAO SEI SE ESSA SERIA A INDICAÇÃO PRA MIM, MINHA TIA DIZ QUE NAO, QUE CIRURGIA É COMPLICAÇÃO, QUE UMA DIETA PODERIA RESOLVER, MAS JA SEI QUE NAO CONSIGO FAZER DIETA, POIS AMO DOCE, E NAO CONSIGO PARAR DE COMER, MINHA TIA ME DIZ QUE SEMPRE QUERO AS COISAS MAIS FÁCEIS DA VIDA, E QUEM NAO QUER NAO É???!!! NAO ACHO QUE SERIA EGOISMO MEU QUERER FAZER ISSO, ALÉM DOQUE TENHO PLANO DE SAÚDE… POSSO FAZER POR ELE, POIS SEI QUE SAO OBRIGADOS HJ EM DIA A TER ESSA LIBERAÇÃO. BOM MEU PLANO DE SAUDE É CAMED, E SEI QUE É ACEITO NO HOSPITAL SAO RAFAEL, AQUI EM SALVADOR, SO NAO SEI EXATAMENTE O QUE PROCURO, SE ENDOCRINOLOGISTA, OU GASTRO, PARA REALIZAÇÃO DESTA. POR FAVOR SE ALGUÉM PUDER ME AJUDAR, OU ME DAR INFORMAÇÕES SOBRE OQUE DEVERIA EU FAZER… BEIJOS PAZ DE DEUS

    Resposta
  35. paulo

    gostaria de saber o preço dessa cirurgia que faz com que a insulina não seja consumida pelas enzimas consumidoras da mesma, e desvia a insulina direto pra corrente sanguinea, me falaram que essa cirurgia aqui no oste do PR custa entre 22 e 25 mil reais, é isso mesmo?

    Resposta
  36. WANDERBELE

    OLÁ, TIVE DIABETES GESTACIONAL E APÓS O PARTO CONTINUOU HOJE SOU USUARIA DE INSULINA/MANHÃ E NOTE E TAMBÉM DE METIFORMINAS 850 03 VEZES AO DIA E E TAMBEM MEDICAMENTOS DE HIPERTENÇÃO MEU IMC ESTA 34 GOSTARIA MUITO ME LIVRAR DE TANTO MEDICAMENTOS , PORTANTO GOSTARIA DE SER UMA COBAIA NESSAS EXPERIÊNCIAS POIS TENHO 42 ANOS E DOZE C/ DIABERTES TIPO 2 POIS TENHO RESISTENCIA A METIFORMINA POR ISSO É COMPARTILHADO INSULINA COM METIFORMINA E ALEM DE TUDO ESTOU COM ESTEATOSE AVANÇADA NO FIGADO.SOU DE SETE LAGOAS/MG AGUARDO RETORNO

    OBRIGADO.

    Resposta
  37. Karin

    Gabriela, tudo bem? Há quanto tempo você tem diabetes tipo 2?
    Sou diabética há dois anos e há 1 utilizo insulina.
    Menina, fiquei muito preocupada contigo, sabia?
    Essa glicemia fora de controle pode te fazer há longo prazo.
    Se quiser conversar mais, meu e-mail é: karinjantsch1@gmail.com.
    Um grande abraço e fique com Deus.
    Karin

    Resposta
    1. GABRIELA

      POXA KARIN

      EU TENHO DIABETES FAZ UNS 6 ANOS… MAS NAO ME CUIDO, NAO TOMO METFORMINA, NEM FAÇO DIETA… POR SINAL ANDO COMENDO DOCE QUE É UM ABSURDO, MAS NAO CONSIGO VIVER SEM…. QUERO RESOLVER O PROBLEMA PELA RAIZ, TO SUPER GORDA… PRA MINHA IDADE ESSA DOENÇA SE NAO ME DEIXAR DEPRESSIVA, EU MORRO DE COMER…. ME ADD NO MSN GABRIELABARREIRO@HOTMAIL.COM
      BJOKAS E BRIGADA PELA PREOCUPAÇÃO

      Resposta
  38. Gutember Souza

    Sou diabetico tipo II ,faz 4 anos ,já fui a quatro endocrinologistas mas estes nao conseguirao com medicação controlar a glicemia /ja estou tomando insulina e mesmo assim nao consegui controlar . Já li e assisti sobre esta maravilhoa nao digo esperança ,mas realidade que é a cirurgia que corrigi a deficiencia de insulina em nosso organismos e passa a produzi-la apos a cirurgia ? Isto é fantastico .Até aqui tudo Bem . O combate é espiritual se queremos uma resposta rapida para que essa cirurgia possa ser alargada pelo menos a o nivel de um plano de Saude ,ou torna-la mais acessivel quanto ao seu preço atual ,precisamos nos organizar enquanto sociedade civil para acerelar esse processo de tornar acessivel essa cirurgia !!!
    Conte comigo ! Meu email: gutembergseguros@gmail.com
    Quem sabe faz agora nao espera acontecer …………Que Deus nos ajude em nome do seu amado Jesus Cristo .

    Resposta
  39. Ricardo de Paula

    Olá gostaria de saber sobre a cirurgia, vejo varios casos de sucesso, porém toda vez que procuro informações me dizem que é somente para pessoas que descobriram o diabetes recentemente, tenho 36 anos e desde os 17anos venho tentando uma solução. Poderia me ajudar?

    Resposta
  40. SANDRA

    olá, gostaria de maiores informações a respeito desta cirurgia. meu esposo tem DM tipo2 e está interessado em fazer em Itaperuna – RJ.

    Resposta
  41. Rosana

    Olá Luciana!!! Adorei o seu blog> estou a procura de cirrugia para diabeticos tipo 1, mas parece que não exite, caso voce saiba que alguma novidade me diga .

    Obrigada

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      É, Rosana, realmente não existe. Tem transplante de ilhotas, mas acho que é para casos graves.

      O que diz o Dr. Freddy Goldberg Eliaschewitz:

      Existe um consenso internacional de que os pacientes que têm indicação para um transplante de ilhotas são aqueles pacientes que tem uma instabilidade metabólica tal, tem uma dificuldade de controle metabólico tal que apesar de todo o esforço por parte do médico, todo o esforço por parte do paciente, apesar de 3 ou 4 injeções de insulina diárias, apesar de tudo isso este paciente tem uma instabilidade tão severa que ele não consegue controlar o diabetes, sendo vítima de freqüentes episódios de hipoglicemia e dos quais ele se defende com dificuldade pois são pacientes que tem hipoglicemia inadvertida, são pacientes que não percebem que vão ter hipoglicemia. Portanto, para estes pacientes valeria a pena trocar a condição de tomar insulina pela condição de tomar imunossupressores. É preciso que se deixe bem claro que a medicação imunossupressora, embora hoje ela apresente bem menos efeitos colaterais, ainda assim é uma medicação que para ser indicada para alguém para o resto da vida, precisa-se pensar com toda consciência, tanto por parte do médico como por parte do paciente.

      Portanto, as indicações para o transplante de ilhotas hoje são:

      – Pacientes com diabete hiperlábil, tendo episódios de hipoglicemia freqüentes ( pelo menos 3 episódios no último 1 ano e meio em que o paciente tenha precisado de ajuda para sair deste estado de hipoglicemia e que ele não tenha se apercebido desta hipoglicemia);

      – Pacientes que tenham uma única complicação que está progredindo rapidamente apesar do bom controle do diabetes – em geral a retinopatia;

      – Pacientes que não tenham nenhuma outra patologia muito importante, incluindo-se aí a insuficiência renal.

      Fonte: Diabetenet

      Resposta
  42. theo dantas

    Luciana Oncken, boa noite, parabens pelo blog, meu nome é theo, sou diabtico a 5 anos é aplico 4 seringas, vc tem alguma novidade sobre cirurgia para diabtico tipo I .
    skype: financeirosueliimoveis
    msn: financeirosueliimoveis@hotmail.com
    tel: 022 276537182
    nextel : id 81*81819
    agradeço o apoio .

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Oi, Theo, ainda não há tratamento cirúrgico para diabetes tipo 1. Existem, isso sim, pesquisas com células-tronco. Mas são só pesquisas, por enquanto. Obrigada por visitar o blog. Abraço.

      Resposta
  43. Anderson da Silva Gonçalves

    Lu, o que você acha a respeito do título da postagem? Sei não, mas eu me considero mais a favor do tratamento do que da cirurgia. Acho que no tratamento podemos mudar certos hábitos e ganhar qualidade de vida muito mais do que fazendo uma cirurgia e depois voltando áqueles velhos hábitos prejudiciais de sempre.

    Ao não ser em caso da pessoa não conseguir o necessário para o tratamento adequado (pois custa caro, e infelizmente algumas pessoas não tem acesso ao que lhe é de direito), o tratamento deveira sim ser a melhor opção, sempre.

    Mas é só minha opnião.
    Grande abraço!

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Eu também, Anderson! Mas há casos, em diabetes tipo 2 muito descompensado, em que a cirurgia pode ser o caminho. Eu não faria a cirurgia no meu atual estágio, ainda mais por ser algo muito recente, que ainda precisa de mais pesquisa para saber os efeitos a longo prazo. Também nem me encaixo no perfil. Mas tem pessoas que têm muita dificuldade de mudar hábitos e preferem encarar a faca e se ver livre do diabetes (no caso do tipo 2, é o que a cirurgia promete), enquanto que com o tratamento clínico sempre será diabética. Beijos.

      Resposta
  44. Anderson da Silva Gonçalves

    É, realmente, nesses casos a cirurgia é o melhor caminho, no mais… Porém, não que seja todos, mas há sim muitos diabéticos que não se descontrolam por puro relaxo, ou porque não aceitam a doença, enfim, não é sempre que o diabetes é “difícil de se controlado”, e sim difícil de ser aceito.

    Feliz DIA DO AMIGO pra ti!!!
    Estou feliz pelo dia de hoje!
    Abração!

    Resposta
  45. Anderson da Silva Gonçalves

    Tem uma postagem em um dos meus blogs sobre amizade. Se quiser dar uma olhada, é o blog “A Extraordinária Simplicidade da Vida”, meu mais recente endereço da web. É só jogar o nome do blog no buscador que é fácil achar, não quero por a URL porque vai para a caixa de Span.

    Se não for incômodo, de uma passadinha lá!
    Fica na paz!

    Obs: No blog “Meu Mundo é Aqui” tem o endereço na página.

    Resposta
  46. FRancisco gomes Santos Farias

    sou dietético tipo 2 ja tenho a 4 meses quero saber como fasso pra fazer cirurgia,? precisamos de resposta obrigado

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Francisco, peço que leia os comentários, que vão esclarecê-lo. Na verdade, existe uma série de requisitos. A cirurgia é ainda experimental. E nos comentários abaixo têm os links de onde obter mais informações. Obrigada.

      Resposta
  47. Marcos March

    Sou diabetico Tipo 2 ha 12 anos e estou extremamente interessado em me submeter a cirugia em goiania. O que devo fazer para me candidatar a cirurgia e quais seriam os custos envolvidos e o tempo de recuperação para voltar a ativa. no aguardo de sua resposta , antecipadamente agradeço.

    Marcos March
    Rua Barão de mesquita 455/404
    Tijuca Rio de janeiro

    Resposta
    1. Dr Rennel Pires de Paiva (CRM-GO 7216)

      Olá Marcos, sou cirurgião bariátrico aqui em Goiania e gostaria de ajudá-lo com informações importantes a respeito desta nova e importante fronteira, mas que necessita muito cuidado. Meu e-mail: rennelpaiva@hotmail.com, meu CRM em Goiás é 7216, basta entrar no site do CFM, selecionar o estado de Goiás e pesquisar pelo nome ou CRM para confirmar. Estarei a sua disposição.
      Segue uma matéria que publiquei no jornal diário da manhã de Goiania, em 27 de agosto último:

      Cirurgia da Diabetes: Um novo horizonte?

      A cirurgia para tratamento da diabetes surgiu a partir da cirurgia da obesidade, ou chamada cirurgia bariátrica, onde, no fim da década de oitenta, pesquisadores observaram que os pacientes obesos mórbidos diabéticos tipo 2 operados por derivação gástrica (“redução de estômago”), melhoravam ou revertiam rapidamente o quadro de diabetes dias ou semanas após a cirurgia, ou seja, sem ainda emagrecerem efetivamente.
      A partir de então, a curiosidade dos pesquisadores levou a diversas pesquisas que demonstraram a ação de alguns hormônios produzidos na porção final do intestino delgado, especialmente o chamado GLP-1, sobre a produção de insulina pelas células beta do pâncreas. Este grupo de hormônios foi chamado de “Incretinas” e possuem uma conexão direta com o pâncreas estimulando a produção de insulina quando ocorre a chegada de alimento na parte final do intestino, chamada de íleo.
      Pois bem, as cirurgias efetivas para a diabetes têm basicamente dois mecanismos de funcionamento: a exclusão da passagem de alimentos pelo duodeno e pela parte inicial do intestino delgado; e ainda a antecipação da chegada de alimentos no íleo, desta maneira estimulando mais precocemente a produção de incretinas, consequentemente estimulando o pâncreas a produzir insulina, baixando os níveis de glicose no sangue.
      Para obesos mórbidos a técnica mais realizada no mundo é a cirurgia de “By Pass Gástrico” ou conhecida como redução de estômago. Ela é bastante consagrada e efetiva para o emagrecimento e para controle da diabetes com resultados superiores a 80%. Neste grupo de pacientes não há discussão, nem novidade alguma, quanto à indicação desta cirurgia, pelos benefícios que ela traz em relação à qualidade de vida conseqüente ao emagrecimento e principalmente reversão da diabetes.
      Existem outras duas técnicas também aceitas pelas comunidades científicas e órgãos reguladores de saúde, por exemplo a SBCBM-Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, o CFM-Conselho Federal de Medicina, e Ministério da Saúde, como efetivas para tratamento da obesidade e diabetes. São as derivações bileo-pancreáticas, mais conhecidas como cirurgia de Scopinaro, e a cirurgia de “Duodenal-Switch”, mais indicadas para pacientes superobesos, aqueles com o IMC > 50 kg/m2, onde o índice de sucesso na resolução da diabetes é superior a 95% dos casos (Buchwald, The American Journal of Medicine, 2009).
      A grande discussão atual é: existe possibilidade de tratamento cirúrgico efetivo para indivíduos diabéticos do tipo 2 não obesos? Qual a cirurgia ideal? Funciona? Quais os riscos e possíveis complicações futuras? Quanto tempo dura o “efeito” da cirurgia? O risco cirúrgico é aceitável? Muitas perguntas ainda precisam de respostas.
      Já existem algumas respostas baseadas em evidências científicas de que a possibilidade de se controlar a diabetes cirurgicamente é viável. Existem várias propostas cirúrgicas, em andamento, para tratamento da diabetes em pacientes não obesos. Algumas delas são sensacionalistas e, a nosso ver, visam ganhos secundários. Outras estão fortemente embasadas na literatura médica científica e na fisiologia hormonal intestinal e pancreática, e podem ser consideradas propostas factíveis e sérias.
      Entretanto deve-se considerar o fato de que ainda estamos num período de experimentação e investigação. É importante que todos saibam que uma proposta de tratamento cirúrgico para diabetes, em pacientes não obesos, é pesquisa experimental. Toda pesquisa de técnicas cirúrgicas novas em seres humanos deve passar pela avaliação da CONEP-Comissão Nacional de Ética em Pesquisa, para que fiquem resguardados os direitos dos indivíduos da pesquisa, e ofereça respaldo ético e legal ao pesquisador.
      Vejo com ressalvas resultados anunciados apenas na mídia, como por exemplo, a aplicação de técnicas novas ainda não reconhecidas, e o sucesso da cirurgia em uma pessoa pública, ou mesmo o insucesso. A análise de apenas um caso não tem valor algum para a ciência médica. Portanto a mídia e a população devem ter muita cautela na análise e no repasse destas informações ao recebê-las. A maneira mais ética e correta é submeter os resultados da cirurgia da diabetes, em uma série fechada de pacientes, à análise da opinião especializada, como por exemplo revistas médicas da área da pesquisa.
      Atualmente há vários artigos publicados em revistas científicas nacionais e internacionais demonstrando resultados excelentes da “cirurgia da diabetes” em pacientes não obesos. Entretanto, mais uma vez, é preciso cuidado na análise destes resultados. Necessitamos de avaliação a longo prazo destes pacientes. A melhor avaliação é a comparação dos resultados do tratamento cirúrgico com o tratamento clínico. Assim, demonstrada a superioridade do tratamento cirúrgico comparado ao tratamento clínico, a cirurgia ganhará campo e respaldo.
      Acho que só quem é diabético sabe o quanto é difícil e sofrível conviver diariamente com restrições alimentares, diversos medicamentos por via oral e “picadas” diárias de injeções de insulina. Ao mesmo tempo o quanto é frustrante perceber que, apesar dos esforços, boa parte dos doentes diabéticos evoluem, num período relativamente curto de sua vida, para complicações graves causadas pela diabetes, como por exemplo cegueira, amputação de extremidades e insuficiência renal crônica levando-o às infindáveis sessões de hemodiálise; e ao óbito.
      Portanto a possibilidade de reversão completa ou parcial desta ingrata doença, interrompendo esta terrível seqüência de morbidades, representa a alvorada de uma nova vida para estes doentes, até então inimaginável.
      “Confesso que sou um grande entusiasta e estudioso desta nova fronteira e que aguardo com muita ansiedade por mais e mais resultados consistentes e baseados em evidências científicas”.
      Alguns resultados consistentes já existem, mas que necessitam aprovação da comunidade médica em geral, especialmente dos endocrinologistas, cardiologistas e clínicos.
      Acredito que, nós cirurgiões, vamos provar, e em breve, que esse é o melhor caminho.

      Dr Rennel Pires de Paiva
      CRM 7216

      Resposta
  48. adelaidebonilloeduardo

    hoje pela manhã assistindo a record ouvi um medico falar sobre a cirurgia para diabeticos,me enteresou parei de fazer o meu serviço para ouvir melhor mas já estava no fim a entrevista,mas mesmo assim venho aqui para pedir ajuda sou diabetica desde 95 tive que fazer uma angioplastia estou sofrendo muito,fora as dores que tenho,meus pés formingão tenho que tomar remedio para os pés,a insulina 3 vezes ao dia,remedio para o coração afinal tomo fora as insulina 11 comprimidos e meio ao dia,me informem a onde posso fazer essa cirurgia,não tenho plano de saude,fico no aguardo de uma resposta não esquecendo tenho 56 anos muito obrigada

    Resposta
  49. Elisana

    GOSTARIA DE SABER, SE AS PESSOAS Q NÃO SÃO DIABETICAS PODEM FAZER A CIRURGIA METABOLICA. TENHO CASOS DE PESSOAS COM DIABETES NA MINHA FAMILIA.UM ABRAÇO FICA COM DEUS.

    Resposta
  50. Elisana

    INCLUSIVE A MINHA MÃE VAI FAZER, ELA É DIABETICA.
    O NOME DELA É MARIA LENIZIA CARDOSO RIBEIRO. GOSTARIA DE SABER O VALOR E SE FAZ PELO PLANO DE SAÚDE. MEU PLANO É AMS.QUE DEUS TE ABENÇOE FICA COM DEUS.

    Resposta
  51. GABRIELA

    ESTOU EM CAMPINAS, ONDE TEM A UNICAMP
    SERA QUE ALGUEM PODE ME INFORMAR SE AQUI HÁ COMO FAZER A CIRURGIA METABOLICA PELO GOVERNO
    SE EU POSSO PROCURAR A UNICAMP E QUE SETOR EU VOU
    QUERIA SABER COMO PROCEDER COM ISSO
    OBRIGADA
    BEIJOS

    Resposta
  52. rivailton

    Ola boa tarde
    fiquei muito feliz em saber que existem pessoas preocupadas com o ser humano assim como vc
    parabens,gostaria de saber endereços dessa clinica que realiza esse tipo de cirurgia,sou diabetico ainda nao tomo insulina.abraços
    aguardo resposta

    Resposta
  53. Fábia de morais

    descupe ñ me expressei bem, meu marido tem diabétes tipo 2, mais ele é magro, se ele fizer a cirurgia será q ñ causar problema maior, sendo q os q fizeram eram obesos???

    Resposta
  54. érica nascimento marinho

    olá estava conversando com o meu gastro e ele me disse dessa cirurgia metabolica, so que nao entendi direito.
    Esta cirurgia funciona em quem é diabetico tipo 1 ha 19 anos e dependente de insulina???/
    favor me mandem uma resposta pois fiquei tao feliz com esta cirurgia.
    eu tenho 24 anos, desde os 5 anos sou diabetica, nao tenho nenhuma complicaçao mas gostaria de poder fazer alguma cirurgia enquanto sou sadia, me ajudem.
    obrigada

    Resposta
  55. Alcidesio Jose

    SOU DIABETICO JÁ A 19 ANOS ESTOU PASSANDO POR UMA MULTAÇÃO, GOSTARIA DE FAZER A CIRURGIA PARA DIABETICO, POIS TENHO DIABETE TP 02 E TENHO PERDIDO PESO, RESPONDAM-ME

    Resposta
  56. lucia marina

    Bom dia,
    Sou diabética tipo I há mais de 12 anos, uso bomba de infusão pois a diabete não tem controle.
    Gostaria que me indicasse um médico que trate exclusivamente do portador de diabetes, tenho ipasgo.
    Moro em Goiânia, e a maioria dos endocrinos trata de obesidade.
    Sou Lúcia Valadão

    Resposta
  57. Karin

    Oi Lúcia, toda cidade de uma Associação dos Diabéticos e na sua há uma:

    * Associação Goiana de Diabéticos
    Rua Jundiaí – Quadra 53, Lote 20
    Parque Amazonas – Goiania – CEP 74.510.

    Resposta
  58. Karin

    Oi Lucia,

    Seguem mais estes endereços:

    Goias
    Hospital Geral Goiânia Dr. Alberto Rassi: Avenida Z, 595/3º andar – Aeroporto -Goiânia (GO) / CEP: 74075-040
    Tel.: (62) 225-1763.

    SBEM Goias
    Endereço: Av. República do Líbano, s/n, sala 704 – Ed. Empire Center, Set. Oeste
    Goiânia, GO – CEP: 21580-690
    Tel: (62) 224-7269 / 281-3055
    Fax: (62) 281-8673
    Email: sbemgo@sbem.org.br

    Resposta
  59. LUCIANA ALVES

    Achei muito bom esta cirurgia,mas ai tem algumas perguntas: Qual o custo?todos que tem a diabete tipo 2 pode fazer,ou tem que ter um quadro especifico?

    Resposta
  60. Lidia M.Pereira

    Boa tarde amiga!

    Eu também sou diabética,fiquei na menopausa. Antes só tomava Metformana de 850 unidades. Hoje passados alguns anos (06) .Entou tomando insulina NPH, 38 doses de manhã e 16 a noite.
    Já tive uma série de problemas renais ,todos curados felizmente.
    Onde ,eu poderia fazer esta cirurgia no Rio de Janeiro ou São Paulo.
    Por residir no Estado do Rio para mim seria bem melhor.

    Aguardo a resposta!

    Abraço!

    Resposta
  61. valquiria

    Gostaria de saber como conseguir tratamento para meu filho diabetico mellitus ou cirurgia? Ele tem 18 anos e a 03 anos e meio. Obrigada

    Resposta
  62. Gislaine

    Olá, meu pai tem diabete há 5 anos, todo dia ele toma insulina 2 x ao dia.
    Ele faz tudo para controlar a diabete, faz caminhada todos os dias durante 1 hora, alimentação balanceada, café com adocil, toma chá todas as noites!
    E quando ele faz o teste da diabete sempre da uma média de 250 a 300.
    Cada dia ele fica mais depressivo já ouvi ele disser a minha mãe que doença maldita não vai acabar nunca isto todos os dias ele se “fura” para tomar insulina e da pra ver no semblante dele tristeza.
    Estes dias eu vi passar na televisão um médico de Curitiba que faz uma cirurgia que acaba com a diabete que ele corta um pedaço “não lembro o nome” e com a falta deste pedaço faz produzir insulina.
    Gostaria muito de saber se alguém viu esta reportagem ou se alguém possa me ajudar.
    Ele disse que gostaria de fazer uma cirurgia pra ver o fim disto.
    Por favor me ajudem!

    Resposta
  63. jailson batista alves

    Ola boa noite,pois gostaria d saber o nome do medico que esta fazendo esta cirurgia em diabetico tipo2,em recife pernanbuco?

    Resposta
  64. evandro costa

    olá para todos, sou mais um diabético à procura de uma vida normal e prazerosa. acho que o melhor caminho é nos unir -mos para que as autoridades fiquem sabendo do nosso problema e que “desviem” verba para ser realmente investida na saúde pública. vamos lá pessoal. aguardo contatos.

    Resposta
  65. helena neris ferreira

    eu gostaria de saber se gerujia de diabete não corre risco se fiqua bom para toda vida e se criança de 8anos pode faser serugia

    Resposta
  66. vilma tinoco santana

    boa tarde tenho diabete gostaria de saber se pelo sus faz essas operaçao so diabete . sou de canbará paraná e sou um pouco grdinha 153 alt 86kls. e vcs daem da banana verde pra emagrecer e baixar a grecenia . ne ajudem e ne oriente bjs vilma tenho 51 anos solt e busco tanben um companheiro

    Resposta
  67. Andreia Cordeiro

    Olá sou uma filha desesperada !! Minha mãe tem diabéte e tem fobia a injeção, o médico dela passou pra insulina injetável, desde que ela veio com as seringas, não dormimos direito , pior ela sos frio quando passa por perto, einda falta terminar os comprimidos essa semana , e dai ela entrará na injeção, creio que esse stresss que ela está passando não a faz nada bem , gostaria de sa ber se á um programa ou o sus disponibiliza ou sei lá uma solução, até quem sabe a insulina inalável , ou ela se tornar cobaia em um tratamento .
    Socorro não sei o que ou como ajuda-lá !!!
    Pode me ajudar ??
    Obrigada Déia

    Resposta
  68. Cyntia

    Bom dia!
    Sou do Pr. e preciso de ajuda, meu pai e minha mãe tem diabetes 2, sou uma forte canditata a essa doença, tenho 38 anos, minha glicose está em 98, já fiz 2 transplante de córnea (que são agredidas pela diabete) meu ICM está em 31,20 e não consigo emagrecer de forma alguma, tomo remédios pra emagrecer desde os 17 anos, tento mudar meus hábitos alimentares e meus pensamentos, mas não consigo, é uma tortura, tenho vergonha do meu peso, estou me sentindo mto mau e com mto medo da diabete e essa preocupação me dá mta fome e sou louca por doces, minha pressão tb está alterada, segundo o neuro tenho tendencias a hipertensão, minha pergunta é a seguinte: como evitarei a diabete?
    Aguardo retorno!
    Grata,

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Cyntia, boa tarde! Vc deve sempre consultar um médico, mas há pesquisas que comprovam que 30 minutos diários de atividade física podem retardar ou até impedir o surgimento do diabetes tipo 2, aliado a uma dieta equilibrada, que dê mais espaço para os chamados carboidratos complexos (integral), melhor ainda. Beijos.

      Resposta
  69. HELIA

    BOA NOITE LUCIANA, BOM TENHO 29 ANOS, PESO 130KG TENHO 1,70 DE ALT, ESTOU DESESPERADA, TENHO UM GRANDE SONHO QUE É ENGRAVIDAR, MAS POR CAUSA DO MEU EXCESSO DE PESO E A DIABETES FICA CADA DIA MAIS DIFICIL, JA NAO SEI MAIS O QUE FAZER ESTOU ENTRANDO EM DEPRESSAO… ME AJUDA POR FAVOR ONDE EU CONSIGO FAZER ESTA CIRURGIA E SE TEM COMO EU FAZER DE TESTE PQ NAO TENHO CONDIÇOES DE PAGAR….

    Resposta
  70. TÂNIA WALLÉRIA PRATES RODRIGUES

    DRº GOSTARIA DE SABER SE ESTA CIRURGIA PODE SER FEITA EM MINHA FILHA DE 12 ANOS, ELA COMEÇOU A TER DIABETES, E ELA TOMA A INSULINA LANTUS. GENTILEZA SE POSSIVEL ME DÊ UMA NOTICIA SOBRE A CIRUGIA. PARA ELA SERA QUE SERIA POSSIVEL. AGUARDO NOTICIAS.
    MONTES CLAROS MG.
    OBRIGADO. TÂNIA.

    Resposta
  71. Briza Mulatinho

    tânia,
    acredito que esse tipo de cirurgia serve apenas para diabéticos tipo 2, o que não deve ser o caso da sua filha, já que ela toma insulina e pela idade. também não sei se essa cirurgia é feita em crianças…

    Resposta
  72. Márcio Arosti

    Bom dia.
    Sou diabético e tomo insulina três vezes ao dia (1 vez – lantus e 2 vezes – novorapid) e, ainda, tenho que me furar todos os dias para medir a glicemia. Desejo saber sobre a cirurgia bariátrica. Moro em Bauru/SP.
    Agradeço.

    Resposta
  73. FLAVIO BUENO AMARAL

    gostaria de ter informações da cirurgia de diabetes e como me inscrever no programa, principalmente a do hospital de Goiânia , esta muito me interessa , quanto custa e se é possivel se inscrever para faser a cirurgia

    Resposta
  74. Alda Divino Pereira

    Boa terde, sou deabética tomo insulina 3 vezes ao dia, também tenho que me furar quase todos os dias,,como eu faço para saber o preço da cerurgia, se tem particular e se tem pelo SUS, e o valor.

    Resposta
  75. geraldo goulart

    presiso saber, com urgencia, dos procedimentos, onde, como posso ter informação sobre o assunto para poder dele participar, pois quero fazer este procedimento cirurgico

    Resposta
  76. Francisca Domingas de Paula

    Ola meu nome e Francisca Domingas de Paula,gostaria muito de fazer esta cirurgia,tenho diábetes a 4 anos,descobri que tinha após uma cirurgia de retirada de uma mama.tomo 3 diamicron,1 januvia,3 glifage xr 500,mesmo assim ela esta constante mente alta,por favor mim mande uma luz.

    Resposta
  77. maria stella oliveira fernandes

    sou diabetica a um ano, sou dependente do convenio da policia militar, gostaria de saber se ja esta valendo em minas gerais e quais as cidades estao realizando essa cirurgia pelo conmvenio da policia de minas gerais, obrigada.

    Resposta
  78. celso da conceição maia

    Minha esposa e diabete tipo 2 toma insulina diariamente gostaria de saber mas informação sobre a cirurgia qual o hospital ou clinia mais proxima do rio e preço da cirurgia.

    AGUARDO RESPOSTA O MAS BREVE.

    Resposta
  79. GLAUCIANE

    sou diabetica ha 12 anos consigo fazer a cirugia! qual o valor da cirugia quero saber _+ o valor da cirugia. E quantos dias leva para se recupera e de que forma e realizada a cirugia ass: DALVA.

    Resposta
  80. Luiz Sérgio Aragão Santiago

    Meu nome Sérgio Aragão, diabetico insulinco 57 anos. Gostaria de fazer esta cirurgia e alcançar a cura de mau. Moro em Salvador Bahia.

    Resposta
  81. zelia maria c. cardoso

    tenho 56 anos diabete tio 2,tenho alguns dedos insencíveis,visão turva e caio muito e sempre desmaio,a dormência já está chegando nas pernas como posso e onde me cadastrar como voluntário para cirurgia ou?me ajudem pelo amor de deus,tenho muito medo porque ñ enxergo bem e caio bastante por isso quase ñ vou a lugar algum,se ñ for pedir demais gostaría de receber resposta no meu email.obg.

    Resposta
  82. SERGIO ARAGAO

    a DIABETES ESTÁ ME ENLOUQUECENDO, TENHO SOBRE PRESO, MEU INTESTINO NÃO FUNCIONA, DORMÊNCIA NOS PES, PERDENDO A VISÃO, IMPACIENTE, BRADE CARDÍACO
    Se precisarem de uma cobaia estou a disposição.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s