Preconceito: esta é a pior doença


Custo a acreditar que, em pleno século XXI, as pessoas ainda sejam tão ignorantes e preconceituosas. A Karin, uma querida leitora, relatou-me que um rapaz com quem trocava conversa acabou por se afastar dela depois que ela revelou que tinha diabetes, influenciado, ainda por cima, pelos pais, que deviam ser responsáveis por instruir e educar. Um outro portador de diabetes disse que um cliente não voltou mais em sua loja depois que ele disse que era diabético. A Paula, nutricionista sobre a qual eu escrevi ontem, também contou que, na adolescência, foi vítima de preconceito de um paquera. O menino disse que ela ia morrer solteira por ser diabética.

Às vezes, fico imaginando se existem empresas que, quando ficam sabendo que o candidato é diabético, deixam de chamá-lo para a vaga. Custo a acreditar que isso aconteça, mas o pior é que deve acontecer. Quer saber? Essas empresas não merecem a sua companhia e o esforço do seu trabalho, que independe totalmente da sua condição de diabético, mesmo porque muitos não têm absolutamente nenhuma complicação por causa da doença. Muito pelo contrário, como têm um cuidado com a alimentação, têm uma ótima saúde, estão sempre bem dispostos e, por se alimentarem em intervalos mais curto de tempo, o que não atrapalha de jeito algum a rotina, têm um metabolismo mais rápido. Ou seja, fazem tudo o que qualquer pessoa, tendo ou não diabetes, deveria fazer.

Preconceito é doença.
Informação é cura.

6 ideias sobre “Preconceito: esta é a pior doença

  1. Karin

    Obrigada Lu (se me permite chamá-la assim). Amei esse comentário!
    Com respeito às empresas que relutam em contratar pessoas diabéticas, isso acontece, sim!!! No início do ano fiz uma entrevista para trabalhar em uma multi aqui de Curitiba. Precisei ser sincera e mencionei minha doença. Bah, vc tinha de ver a cara da psicóloga. Eu examinei tão atentamente aquele olhar abismado! Deu pena! Pena, porque eu me considero uma pessoa determinada e ágil no trabalho que faço. Então, ela me fez muitasssss perguntas sobre a doença, e eu respondi a todas elas, sem medo. Agora, me pergunto, será que devo ocultar esse tipo de informação? Afinal, meu sucesso está em jogo. A menina que contrataram não tinha experiência alguma como secretária executiva, agora, em contrapartida, eu trabalhei por dois anos como secretária da diretoria em uma concessionária (tenho muito conhecimento nessa área). Mas eles deram preferência a uma pessoa “saudável”. Agora, me pergunto, o que é ser saudável. É ter um rostinho bonito e um corpo esguio? Qual o parâmtero para “saudável”. Conheço lindas mulheres que carregam consigo o fardo de doenças incuráveis por terem levado uma vida promiscúa e desregrada. Qual a linha que separa o saudável do doente. O que é ser doente, afinal??? Acho que ser doente de verdade é ser doente de espírito. É ser falto de coração e arrogante. Ser doente de verdade é ter um coração cheio de raiva e de ódio. Isso, sim é ser doente. Melhor dizendo, é um pré-doente. Por que está adiantando para si, certamente, doenças cardiovasculares, úlceras estomacais, doenças de pele e assim por diante (como o Dr. Dráuzio Varela sempre comenta e com toda a razão do mundo).

    Resposta
  2. Athayde

    BOM,

    SOU VÍTIMA DE PRECONCEITO POR CAUSA DA MINHA DIABETES.
    MEU ANTIGO ORIENTADOR DO MESTRADO O QUAL ESTOU FINALIZANDO, NÃO ACREDITAVA NAS MINHAS CRISES DE HIPOGLICEMIA, E QUE EU TINHA QUE ME ALIMENTAR SEMPRE NOS MESMOS HORARIOS, E FEZ COM QUE EU ME SENTISSE INCAPAZ, EU FUI PERGUTAR PARA ELE, JA QUE ESTAVA CHEGANDO NOVO NO LABORATORIO, O QUE TINHA PARA FAZER CASO NINGUEM ESTIVESSE LA, ELE DISSE VA VARRER O CHÃO, FAZIA UMA PRESSÃO DANADA, AMANHA EU QUERO QUE VC ME APRESENTE UM TRABALHO, JUSTO NO DIA DA MINHA MEDICA EU FALEI E ELE ME DISSE PARA ME VIRAR.
    FIZ MINHA APRESENTAÇÃO, QD ACABEI ELE DISSE: -tA UMA MERDA!!!
    RESULTADO, PROCUREI MUDAR DE PROFESSOR, AI COMEÇOU A BATALHA, ERA A PALAVRA DELE CONTRA A MINHA, ELE DISSE QUE EU ESTAVA MENTINDO, FIOZERAM UMA REUNIÃO PARA SABER SE EU SERIA CORTADO DO MESTRADO, POIS ELE QUERIA ISSO, MAS A COORDENADORA, UMA PESSOA MUITO HUMANA, ACREDITOU EM MIM, ASSIM COMO OUTROS PROFESSORES, POIS EU ERA UM BOM ALUNO, NUNCA FALTAVA AS AULAS.
    EU FICARIA SOB ESTAGIO PROBATORIO POR 3 MESES, NO E-MAIL QUE EU RECEBI DO MEU NOVO ORIENTADOR, EU TERIA QUE MOSTRAR SERVIÇO, NÃO FALTAR O MESTRADO E NEM VIAJAR, CASO FOSSE NECESSÁRIO TERIA QUE AVISAR O MESTRADO COM ANTECEDENCIA.
    PASSARAM-SE OS 3 MESES, E EU FIQUEI, AGORA ME DIGAM UM DIABÉTICO PODE TER SAÚDE COM ESSE TIPO DE PESSOAS E PRESSÃO PSICOLÓGICA, SÓ EU SEI O MAL QUE FOI FEITO EM MIM, FIQUEI COM MINHA AUTO ESTIMA LA EMBAIXO, ME SENTINDO INCAPAZ, INUTIL, HOJE FAÇO TERAPIA PARA ME AJUDAR A SUPERAR TUDO ISSO.

    ABRAÇOS

    ATHAYDE LEITE

    Resposta
  3. Sonia Oliveira

    Minha filha esta sendo perseguida pelo responsavel do RH Nestle, um idiota que vive fazendo chacota chamando-a de mijona concluindo assim o momento de risos da empresa , Quero colocar um processo nesse idiota que dirige o RH e nem sequer tem a decencia de ler sobre diabetes insipidus.
    Quem tem uma advogada boa pra brigar com Nestle/SP.
    soniajoliveira@hotmail.com

    Resposta
  4. CLEYDE MARIA RICARTE

    Sofri preconceito,quando descobri que meu esposo tinha uma amante.Ela com raiva porque ele continuou comigo e a deixou.ela ligou por varias vezes pra minha casa e me chamava de “velha diabetica ” e outras coisas mais ,bem caracteristico de pessoas baixa.Sofri muito ,entreguei a Deus e venci!Faz uns 5 anos Recuperei tudo ,meu marido ,minha paz e minha auto estima. Quanto a diabete é uma luta diária,minhas taxas são sempre alterada.um abraço

    Resposta
  5. Kamilla

    Olá, meu nome é Kamilla e eu tenho 16 anos. Sou diabética desde os 3. Nunca sofri preconceito, e fiquei indignada, pois ao ler esse texto eu descobri que o preconceito contra o diabético existe. Esse mundo realmente me assusta cada vez mais. E eu admito, fiquei com medo disso acontecer comigo algum dia.
    Força para todos. Abraços :*

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s