Gravidez e Diabetes – viagem: levando a vida


O início deste dia me fez lembrar de uma maneira nostálgica das minhas férias. Na Califórinia, ficamos hospedados em Redondo Beach, que faz parte da Grande Los Angeles, a apenas alguns passos da casa dos nossos amigos, que moram ali na região há uns três anos. Acordávamos cedo e as manhãs eram sempre nubladas e frias. O café da manhã era sempre uma incógnita. Ficávamos imaginando onde poderíamos ir, porque não são muitos lugares que têm a opção do wheat bread (pão integral). E o ovo era sempre importante para manter um número razoável no glicosímetro. Acabávamos num típico café americano. Panquecas cheias de mel, chantilly e morango passavam para cá e pra lá. Omeletes super recheados e com molhos estranhos em cima passeavam pelo salão. Batata, salsicha, linguiça. E a moça com a garrafa de café (ou “chafé”) oferecendo aos clientes. Nunca pensei que fosse conseguir tomar aquilo, mas tomava, e com um leitinho super concentrado que eles têm até que descia bem.  Pelo menos as manhãs frias e nubladas ajudavam a encarar o meu omelete, que era o mais simples possível, só com ovo mesmo, e vinha acompanhado de panquecas, que ficavam para o meu marido, dividíamos o omelete e eu comia o meu wheat bread com manteiga.

Logo as nuvens davam lugar ao sol. O dia esquentava. E dava uma forcinha na escolha do almoço: salada, salada e salada. Na maioria das vezes, Ceasar Salad. Água para acompanhar. Às vezes um refrigerante diet ou um chá tropical.

Nos intervalos, me virava. Ou tomava Glucerna, ou comia meu lanche de pão integral com queijo. Comprei no supermercado e montava meu lanche no hotel , todos os dias. Às vezes dois, um para o lanche e o outro para o café da manhã. Afinal, cansa comer ovo todo dia.

A alimentação foi meu maior desafio nesta viagem. Sem dúvida alguma. Como nunca tomei insulina e nunca estive grávida, nunca tive todo este controle em viagens. Controlava a alimentação, mas não media a glicemia. Nesta viagem, foi tudo novo pra mim, menos o destino.

O dia passava sempre ensolarado e bonito. O pôr-do-sol no mar fazia com que eu esquecesse tudo para contemplá-lo. E a noite chegava. Com ela, o friozinho. E encontrávamos nossos amigos e seus pequenos filhos para o nosso jantar em família. E eles sempre se mostravam preocupados comigo, sempre atenciosos, perguntando como eu estava, dando apoio. E lá se ia mais salada, às vezes um pedacinho fino de pizza. E o horário de dormir chegava. E um novo dia, novas expectativas…

8 ideias sobre “Gravidez e Diabetes – viagem: levando a vida

  1. Adriana Franciscate

    Bom, me chamo Adriana Fernanda Franciscate tenho 22 anos e sou mãe de uma menina chamada Nathalia na qual tem apenas 1 ano. Quero dividir a minha historia com vocês !

    Bom eu tenho diabetes des dos meus 5 anos de idade (infelizmente mas agradeço a Deus por ter “só” isso ).

    Eu fui descobri que tava gravida com 7 meses de gestação e nesse periodo quando descobri por alguns instante achei que a minha bebê,não iria nascer por que eu naum controlava o meu diabete direito tomava insulina “sem” controle,nossa passei por tanta coisa acidente de carro fui ao hopi hari naquele elevador fiz muitas coisas mesmo antes de saber q tava esperando um bebê.

    Quando descobri tive que corre contra o tempo fazer exames,pré-natal (cujo já não adiantava mais) e principalmente ir aos medicos

    Mas hoje eu so tenho que agradeçe a Deus pela linda filha que ele me deu, nasceu perfeita linda

    Bom essa é minha historia…

    Resposta
  2. MARGARETE

    Oi Luciana pelo jeito nosso café da manhã brasileiro é mais saudável! Não vi você sitar as frutas, só o morango.
    Nossa quanta salada!
    beijos

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Margaret, comprava umas maçãs, daquelas bem vermelhinhas, sabe? E comia nos intervalos. Ou banana, na casa do meu amigo. O morango vinha sempre acompanhado daquelas panquecas, cheias de chantully (que, sinceramentem não me atraem em nada). Eles não são de comer fruta no café da manhã. De jeito algum. O negócio deles é muita gordura, muito açúcar!

      Resposta
  3. Fernanda

    Você me emocionou com o seu artigo.Bom ter feito parte deste momento .Como você esta?
    Beijos,
    Fernanda (irmã do Celso)

    Resposta
  4. ADRIANA

    Olá !!! Gostaria de uma ajuda sua, tem 8 meses que descobri o diabetes tipo 1 e fiz 2 anos de casada. Nosso plano era engravidar em Dezembro. Estou começando a procurar sites sobre esse assunto. Você que teve a experiência pode me dizer .. é muito mais risco na gravidez ou podemos tirar de letra ? Existe algum site em especial que fala disso? Obrigada !!!!

    Resposta
  5. andreia edeling

    Esse na sexta feira da pascoa o meu filho de 9 anos começou a passar mau ,ai levamos ao médico achou quer aum infecção ai piorou mais qd levamos muito mau para porto velho lá descobrimos que ele tinha diabetes tipo 1 pramim foi horrivel choramos muito parecia que era uma doença muito ruim ,hj vejo que não tudo isso claro tem que se cuidar mas em vista de tantas outras doenças a diabetes da a chance de vc viver bem e muito ,sei que é dificil principalmente para crinaça ficar sem comer doces mas graça a DEUS o meu filho aceitou ebm tudo isso e estamos muito bem em casa todos entram na onda de dizer não ao doce ,só digo para as pessoas que tem ou descobriro recente que tudo passa bjs muitas felicidades

    Resposta
  6. renata

    oi meu nome e Renata e tenho diabetes tipo 1 fazem 20 anos . Nao posso dizer que e facil pra mim pois nao e paço por muitas coisas e as vezes me sinto fraca diante a minha situaçao e por varias vezes penso que ela um dia ainda me vence…
    Mais ao mesmo tempo me vem o alto astral e penso em minha familia que construi meu filho que nasceu 100% saudavel e feliz entao resolvi dividir com todos que aqui vem e tem diabetes, mais mesmo assim agradeço a Deus todos os dias mesmo sendo insuportavel e o que deixa mais triste e que uma luta que nunca agente vence mais força a todos os diabeticos
    bjos

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s