9 ideias sobre “O temido pós-café

  1. Equipe Filma Brasil

    Oi, Luciana!
    Ficamos muito felizes com o seu contato! É isso aí! Você pegou a idéia! Toda iniciativa que leve à reflexão e, talvez, políticas públicas mais sensíveis à questões tão importantes como o Diabetes deve ser celebrada. Aos poucos formamos mutirões em prol dos detalhes que fazem toda a diferença na vida. Receba os parabéns da equipe Filma Brasil pela excelente iniciativa de contar no seu diário virtual sua experiência com o Diabetes e que ilustra com maestria os cuidados necessários para quem tem e para quem não tem, assim como desmitifica o problema como um bicho de 7 cabeças.
    Esperamos vê-la mais vezes lá no blog!

    Resposta
  2. Karina Lima

    Luciana,
    Sei como deve ser dificil para você vê todo este descontrole, mas não fique assim, pois eu tenho certeza, por experiência própria que quanto mais você ficar estressada, mais você vai ficar descontrolada.
    Olha na minha gravidez precisei ficar internada no quarto mês, e minha médica de muitos anos pediu ajuda a outra médica chamada Maria Luiza Braga(Recife – PE). Esta me acompanhou até o final da gravidez, e inclusive estava na sala de parto, só para me acalmar. O que ela fez por mim? Me tirou do hospital e falou para eu ficar tranquila, e parar de cobrar demais de mim, pois só iria piorar tudo. E você sabe que naquela época a minha diabetes salvou o meu filho. Ele tinha feito meconio (não sei se escreve assim), e como me informaram depois ele só ficaria vivo, junto com o meconio, por 48 horas. E nesta hora, foi minha glicose que caiu para 25 que mostrou aos meus médicos que era hora de tirar o Gabriel.
    Pensa sempre positivo que no final tudo dá certo.
    E depois que você estiver com ele você vai achar que tudo foi tão simples.
    beijos

    Resposta
  3. MARGARETE

    Realmente Luciana quanto mais você ficar estressada a glicose sobe , sabemos que é difícil. Procure ficar tranquila,tudo vai dar certo . Como aconteceu com a Karina, aconteceu comigo também ,precisei ficar internada várias vezes quando estava grávida para controlar a glicose que chegava a 300 ,e mesmo com a glicose descontolada minha filha nasceu saudável graças a Deus .
    Procure pensar em coisas boas ,e tenha sempre pensamentos positivos.
    Todos nós torcemos por você !
    Beijos

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      É, vejo que a minha glicemia, embora descontroladinha, de vez em quando, nunca chegou a mais de 240 (este número foi só uma vez). Mas é que eu sempre fui tão controlada, que quando sobe um pouco mais, já fico ansiosa. Mas estou aceitando melhor. Afinal, a gravidez mexe muito com o organismo e muda tudo. Beijos e obrigada pelo apoio de sempre.

      Resposta
  4. Anderson da Silva Gonçalves

    Nossa Lu, a sua glicemia nunca passou de 240?! Queria eu ter tido todo esse controle sempre. Até pouco tempo atrás 177 seria controle absoluto pra mim, claro que hoje vejo diferente (meu médico deve ter se enganado ao dizer que o ideal seria entre 150 e 200, rsrsr) Agora não fico satisfeito se o índice do pós-refeição não ficar abaixo de 140, embora tenha um horário (antes de aplicar a seg. dose de insulina) que eu me contento com algo em torno de 160, pois neste horário é realmente muito difícil manter o controle, pois a insulina já não tem todo efeito.

    Hoje meu jejum estáva 76, mas ontem estáva 126, já fazia tempo que não chegava a tanto, no mais estou mantendo o controle.
    Fique calma, com certeza é apenas questão de tempo pra você voltar àquele controle absoluto que fazia, e leve em consideração que um dia ou outro de índices em torno de 170, 200, não é o suficiente pra fazer mal algum, pois a hiperglicemia só traz consequências á longos prazos de descontrole.

    Fica na paz!

    Resposta
  5. Juliane Cristina

    Bom,meu Nome eh Juliane,Tenho 19 anos e 8 de diabetes,Confesso que não me dou mto bem com ella ainda,semana passada fui para na uti,quase morri…Sei das consequências,mas não consigo aceita-la e por isso quero conhecer pessoas que convivem com ella,pois apesar de tudo aprendi mts coisas que posso passar adiante….

    Resposta
  6. ana paula

    fiquei bem perdida com todos os comentários q li.
    tenho uma filha de 9 anos, que há um ano e meio cuidamos de sua diabetes, temos uma alimentação saudável, já tínhamos antes, faz atividade física 5 vezes por semana, acreditamos estar com um excelente médico, mas as glicemias nunca estão no nível desejado, inclusive já teve duas hipos daquelas horríveis.
    o que será q estamos fazendo de errado? dizem que é assim mesmo, mas vejo vocês falando de 200 ser alta.
    ana flávia durante um dia vai de 80 a 400.

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Realmente, Ana Paula, ela tem uma variação muito grande durante o dia. Tem pessoas que tem mais dificuldades em manter os níveis estabilizados, pode ser o caso da sua filha. Converse sinceramente com o médico sobre a sua preocupação. A longo prazo, os picos podem trazer prejuízos à saúde. E as hipos também são muito perigosas. Abraços.

      Resposta
  7. Fernanda

    Oi, Ana Paula!
    Não fique perdida… Não se preocupe, tudo vai dar certo!
    Em primeiro lugar, é normal haver um certo grau de descontrole nos primeiros anos pós-diagnóstico em crianças com tipo 1. Isso é devido à mudança de realidade que o organismo sofre e à dificuldade de se ajustar as doses no início da doença, principalmente em crianças, devido à temida hipoglicemia.
    Mas o importante é você, sua família e sua filha se sentirem tranquilas com relação a estarem recebendo a melhor terapia da melhor maneira possível.
    Alimentação saudável e exercício 5 x na semana já são meio caminho andado, na minha infância nunca tive isso… Além disso, na minha época não tínhamos acesso a exames de glicemia, eu fazia apenas (no 1° ano) exame de urina e os resultados eram sempre os piores possíveis…
    E mesmo assim, estamos aí, com 21 anos de diabetes, sem complicações, graças a Deus!
    Procure ajuda especializada, alguma associação de diabetes na sua cidade (qual a sua cidade?), ou a Associação de Diabetes Juvenil (www.adj.org.br). Se informe, sempre mais, esse é o caminho, e continue procurando sempre alcançar o melhor controle possível para sua filha. Isso significa, taxas até 100 no jejum e até 140 no pós-prandial.
    Meu email é: fernanda.laranjeira@hotmail.com

    Bjo

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s