Gravides e Diabetes: sob controle


glicosimetroEstou muito feliz. Meus controles melhoraram 99%. Nada como receber uma bronquinha do bem. Semana passada fui a minha consulta pré-natal. Minha médica viu a minha tabelinha e me questionou:

– Você realmente está seguindo a dieta direitinho?

Eu respondi um sim não muito convicto.

Ela me disse que não ia aumentar a quantidade de insulina se eu não acertasse o consumo calório e o gasto. “A atividade física também é uma necessidade”, ela apontou.

Na verdade, eu estava era me enganando. Estou passando por um período de estresse no trabalho e andei deixando a saúde meio de lado. Não estava comendo nos horários certos, nos intervalos corretos. Exagerava um pouquinho na quantidade, às vezes, na qualidade. Ou seja, voltei das férias nos EUA, onde não conseguia ter um bom controle em razão do tipo de comida e dos horários e fuso horários, e caí num ritmo de me deixar levar pelo estresse. Mas sempre é tempo de rever a forma como estamos lidando com a coisa, analisar e retomar o caminho certo. Foi o que fiz.

Com a dieta da nutricionista em mãos, fui ao supermercado e enchi o carrinho de tudo, ou quase tudo, que eu preciso: iogurtes, frutas, castanha do pará, sobremesa de queijo diet, polenghinho, pão integral, queijo light. E voltei a fazer o que fazia no início da gravidez, até esses “probleminhas” me importunarem. Levo a minha “lancheirinha” com os lanches da manhã (iogurte com pouca granola), minha sobremesa (uma maça), o primeiro lanche da tarde (fruta com castanha do pará ou o cheesecake diet) e o segundo lanche da tarde (pão integral com queijo light). Resultado: minhas medições começaram a voltar ao normal.

No café da manhã, tenho me alimentado da mesma forma. E no almoço também. No jantar, que eu andava exagerando, principalmente no carboidrato, passei a comer salada com alguma proteína e muito pouco carboidrato. E, na ceia, tomo um copo de iogurte.

Sei que a minha glicemia de jejum voltou a ficar dentro da meta: menos de 90, na maioria dos dias. O mesmo ocorreu com quase todos os marcadores, com pequenos escapes.

Disciplina é a palavra de ordem. E só falta eu me disciplinar para voltar a atividade física. Sem disciplina, nada feito.

22 ideias sobre “Gravides e Diabetes: sob controle

  1. roberta

    oi luciana ,que bom ne que sua glicemia de jejum voltou ao normal fico feliz ,essa e a glicemia que mais me da trabalho ano passando nao precisava de basal noturna ,e ainda nao preciso de basal diurna ,mais com o aumento da glicemia de jejum voltei com a basal e com a bomba programo os horarios eu e minha medica demoramos pra descobrir o horario certo para uma glicemia de jejum descente ,bom segundo ela os hormonios que elevam a glicemia comecam as 4 da manha entao fazia a basal de 4 as 8 da manha com doses de 0.3 dando total de 1.2 dose mais como media as sete a minha glicemia e tomava cafe logo em seguida me dava uma hipo antes do almoco ai fui diminuindo ou seja adiantado a hora ate que cheguei a meia noite e meia com 0.55 ate as seis da manha total de 2.45 ,mais consigo em media 128 a 130 ,mais sabe que a noite nao como carboidrato no jantar e faco como vc tomo um 100 gramas de yogurt 05 de gordura com 50ml de leite diet de soja ,uma carne magra e muita salada mais aplico pouco com medo de hipo ainda nao consegui descobrir uma dosagem boa ,mais vamos tentando ne .beijus
    ro

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Ro, só pq me gabei dos meus controles, minha pós-café, que vem sendo meu maior desafio, estava super alta: 162. E não fiz nada diferente dos outros dias. Comi igualzinho. Vai entender…E lá vamos nós, tentando acertar.

      Resposta
    1. sheila regina de vasconcellos

      Oi margareth,
      Vi um comentário seu no blog da Teresa e fiquei curiosa. Vc acha mesmo bom ter uma hipo de 35 e manter-se em pé? Há um ano sofri um terrível acidente pois estava com hipo e andei pela rua sem nenhum sintoma. Caí e quebrei o tornozelo. Coloquei placa, parafusos e estou há 9 meses de licença. Aí comecei a tomar conta da minha diabetes como nunca. Conheça um pouquinho da minha história no blog. HISTÓRIAS DE HIPOGLICEMIA. Não lembro de já ter encontrado vc por lá. Também sou do Rio e amo Parati. Beijos.

      Resposta
      1. Margarete Godoy

        Oi Sheila,
        Acho que você entendeu errado! O comentário que deixei no blog da Teresa, eu conto sobre a hipo horrível que tive quando tinha 14 anos e em seguida falo que hoje em dia eu cheguei a ter hipo de 35 e continuei de pé, descobrir isso na hora que estava fazendo o teste como de habitual, e falei graças a Deus, isso querendo agradecer a Deus por não ter desmaiado e tive a oportunidade graças a Ele de estar de pé consciente e fazendo o teste e em seguida poder ingerir algo doce e fazer minha glicose voltar ao normal. Mas uma vez agradeço aqui a proteção de Deus por está sempre ao meu lado em situações difíceis.
        Em momento algum eu disse que era bom ter hipo de 35!
        Abraço

      2. Margarete Godoy

        Ah e eu não entrei no seu blog, pois seu blog não está no VALE A PENA CONFERIR da Luciana, mas agora vou dar uma passadinha por lá ok! Já que você deu o nome dele.
        Bjs

  2. roberta

    lu nao desanamina nao acontece muito disso eu como sempre praticamente do mesmo modo ,e um dia vai que e uma beleza outro desanda logo cedo e segue assim pelo dia ,ou vem hipo hiper ,o importante e cada dia ir seguindo em frente prestando atencao anotando os detalhes uqe a gente vai se conhecendo , hj acordei com a glicemia de jejum 98 depois fiz um lanchinho as dez ( 3 bolachinhas integrais ) cheguei no almoco 102 e depois de 2 horas e 40 min estava com 87 ,eu falei nossa podia ser sempre assim ne .

    Resposta
  3. roberta

    ahhh deixa eu te perguntar que cheese cake diet e esse? vc compra pronto? eu amo chessecake tenho uma receitinha boa com cotage em vez de cream cheese . se vc poder me dar umas sugestoes de uns lanchinhos low carbs agradeco ta
    bjim

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Oi, Rô, este cheese cake eu compro pronto. É da Danúbio. Já até escrevi sobre ele aqui no blog. É bem gostosinho, mas nada se compara ao cheese cake que eu comia nos EUA, da Cheesecake Factory, adoçado com splenda. Divino! Compartilha a receita aqui com a gente. beijos.

      Resposta
  4. Margarete

    Oi Luciana quem deixou o comentário sobre o significado do nome fui eu ,é que minha filha Diana havia colocado um comentário e eu esqueci de tirar o nome dela e colocar o meu nome . Beijos

    Resposta
  5. Diana Godoy

    É um lindo nome, desejo para você e o teu bebê Lucas, toda a felicidade do mundo, que tudo dê certo agora na sua gestação (como já está dando) e também quando ele vier ao mundo.
    Muitas benções e alegrias para vocês!
    Beijos

    Resposta
  6. Diana Godoy

    Tá com um barrigão lindoo.. não vejo a hora do meu começar a aparecer assim….

    Quanto tempo de grávidez?? Não é muito neh?!
    Bom boa sorte na caminhadaa…

    Beijoss

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Obrigada pelos “lindo barrigão”. Já é bastante tempo, sim, Diana! Já estou com 30 semanas e meia. Sete meses! Em setembro o Lucas estará do lado de fora. Beijos.

      Resposta
  7. elisangela

    Oi Lu! Esta semana descobri que estou grávida.Acho que quando escrevir pela primeira vez pra você eu jà estava e não sabia.Sabe estou me sentindo meio confusa, as vezes fico feliz , as vezes triste ….. Meu humor tem variado muito. Agora mesmo chorei bastante e não tive coragem de contar pra minha famìlia sò para meu marido que esta super feliz. Será que essa instabilidade emocional vai passar?

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Ih! Elisangela, chorava todos os dias de manhã nos primeiros meses. Mas passa, pode ficar tranquila. Demorei um mês para contar para a família. Quer saber? É gostoso manter esse segredo um pouco entre vcs dois. No trabalho, só contei com 3 meses. Essa instabilidade emocional é normal. Bate aquele coisa da responsabilidade, ficamos nos questionando se somos capazes de ser mãe. Mas a cada dia vc vai se sentindo mais mãe. Ser mãe não é algo que vc liga uma chavezinha e pronto. Não, você vai se tornando aos poucos. Cada dia um pouco mais. A gente aprende a ser mãe. Eu ainda estou aprendendo. PARABÉNS!!!! Que vc merece. E vc ainda vai curtir muito. Beijos.

      Resposta
  8. Diana Godoy

    Ah que bom.. tá pertinhoo jáa…. 😀
    Conte depois tudo…. como foii a sensação, se tudo correu bem, enfim, como foi o parto…
    Desejo que corra tudo bem!

    Beijos

    Resposta
  9. Diana Godoy

    Oi Elisangela… fico feliz por você.. Meus parabéns….
    Bom eu não tive essa instabilidade emocional toda não.. cheguei a chorar sim, nos primeiros dias só…. mas depois passou… agora estou de 9 semanas….
    Agora começou a fase de sentir os enjoos…. Tem que se cuidar….
    Logo contei para minha familia, pois afinal, como sou pré-diabetica tinha que ir logo ao médico, para parar de tomar os meus remédios, para quem sabe entrar com a insulina… Mas para que esconder.. vai ser uma alegria para todos… afinal ele está vindo para trazer a felicidade do lar!

    Meus parabéns novamente… e que corra tudo bem na tua gestação!

    Beijoss

    Resposta
  10. Margarete Godoy

    Oi Luciana ! Fiz aquele exame estressante do fundo de olho e a médica disse que vou ter que fazer mais umas duas sessões de laser e confirmou o princípio de catarata . Mas que apesar disso minha visão está boa.
    Minha glicose voltou a subir essa semana ,isto me deixa nervosa . como cansa essas oscilações!
    Abraço 🙂

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s