Gravidez e Diabetes: o Lucas é o foco


Pessoal, desculpe minha ausência nos últimos dias. Andei meio sumida. Na verdade, só não estava atualizando os posts, mas continuava a entrar e a acompanhar tudo o que se passa por aqui. É que tenho me concentrado muito no meu pequeno Lucas.

Hoje, estava um pouquinho indisposta. Não por causa do diabetes. Até que o meu controle tem andado bom.

Recebi o resultado dos meus exames e fiquei feliz: jejum 93 e glicada de 5,9. Nunca tive uma glicada tão boa quanto agora na gravidez. Até brinquei com a minha médica que vou continuar a tomar insulina depois da gravidez.

A questão é que estou na reta final e tudo gira em torno do Lucas. É como se eu tivesse apaixonada, sabe? Mas, na verdade, acho que é isso, estou apaixonada por este pequeno ser que invadiu a minha vida. Mesmo indisposta, sinto-me feliz!

Vocês que sempre frequentam este blog leram o comentário da Miriam? Pelo jeito, temos mais uma companheira para compartilhar nossas experiências. Miriam, seja muito bem vinda. Aqui, você pode escrever sempre que quiser. Este espaço é nosso!

Margarete, vi o seu comentário sobre trocar o dia pela noite com medo das hipos. É duro, heim?! Como diz o Anderson, radical! E se você colocar um despertador no horário em que normalmente dá hipo? No meu caso, tem sido entre 3h30 e 4h. Acordo com ansiedade e taquicardia.

E o Anderson bem falou: a hipo preocupa mais. Eu concordo. E para o bebê é pior ter hipo do que hiper, me disseram as minhas médicas. Tenho medo, não quero fazer mal para o meu pequenino.

Por hoje, é isso!

7 ideias sobre “Gravidez e Diabetes: o Lucas é o foco

  1. Anderson da Silva Gonçalves

    Não se desculpe, é totalmente compreensível…
    Que bom que o filhão já está proporcionando alegrias, não é mesmo? E vai proporcionar muito mais!

    Lu, tem postagem nova lá no meu cantinho (Diário Diabetes), depois de uma conferida.

    Abração!

    Resposta
  2. Margarete Godoy

    Oi Luciana que bom que está feliz! continue assim uma mãe amorosa !
    Todos nós que compartilhamos desse blog formamos uma corrente positiva para você Luciana e para o Lucas!
    Bom esse negócio de eu trocar o dia pela noite já faz muitos anos, já tentei voltar ao horário de antes mas não consegui me adaptar mais ,se acordo cedo me sinto mal a tarde.
    Beijos

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Puxa, Margaret, então devíamos trocar de casa nas noites de terça para quarta e de sexta para sábado. Abriu um danceteria colada ao meu prédio e dormir entre 0h e 6h está ficando impossível. Na última madrugada de quarta, fiquei fazendo geléia de morango, lavando roupa… e fuçando na internet. Fui dormir às 6h, como vc. As janelas do meu apê trepidam de tão intenso que o som é. Vc acredita? Estamos recorrendo para ver se conseguimos fechar o lugar, mas está difícil, e o Lucas tá vindo por aí. Estou super preocupada. Beijos.

      Resposta
  3. Margarete Godoy

    Nossa Luciana ! O negócio é correr mesmo atrás para ver se fecha pois deve ser horrível, você mora em São Paulo ? E a tal lei do silêncio? Sabe meu marido morava em São Paulo e tem uma firma aí e foi multado por causa do barulho das máquinas e isso às 10 horas da manhã ( a tal lei do PSIU ) por uma vizinha que queria assistir o programa da Ana Maria Braga. E olha que foi pela manhã e estava trabalhando! Engraçado e danceteria e ainda mais a noite que as pessoas querem dormir , já deveria ta fechada , deixo aqui meu protesto! Rsss .
    Meu marido não pode nem ver o louro Zé ! RSSS .
    Bom já para trocar de casa você teria que descer a serra, pois moro em Paraty-RJ. Sabe não gosto de cidade grande por causa do transito, poluição e da correria da vida agitada.
    Realmente com a chegada do Lucas é preocupante esse barulho .
    Boa Sorte ! Beijo

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Puxa, Paraty! Que delícia! Por mim, tá fechado. Vamos trocar de casa (risos). Moro em Sampa, sim. Barulhenta e poluída, mas que não sei pq, gosto tanto. Nasci aqui há exatos 35 anos. Hoje é meu aniversário. Nasci nas imediações da Paulista, já no agito. Mas este negócio de balada quando a gente quer mesmo é dormir, não dá certo. Já reclamei pro Psiu, já reclamaram pra polícia. Nada. Não sei pra quem tá valendo essa lei do silêncio. Acho que vou apelar pra Ana Maria Braga (risos). Beijos.

      Resposta
  4. Margarete Godoy

    PARABENS! muita saúde,paz,felicidades, enfim tudo de bom.
    Eu também nasci aqui em Paraty , nasci em casa , nessa mesma onde moro até hoje, que meu pai construiu, já criei raíz aqui rrss. É o costume por isso você adora Sampa e eu Paraty. Aqui é tranquilo não tem transito ,só quando a cidade tá cheia, aí é problema para estacionar. Mercado, padaria, praia é tudo perto a gente anda a pé. O único problema é que não tem cinema, teatro e muita opção para se divertir, mas tem a natureza ao nosso redor. Ah e tem também o calçamento de pedras, que a gente as vezes leva topada rrss. E produtos diet que é muito difícil de achar por aqui .
    Bom se nada adiantou para fechar a danceteria, que tal fazer um revestimento acústico nas paredes rrss.
    Beijos

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s