E os controles…


… estão bem razoáveis. Apesar da bronca da minha nutricionista, pelo 202 pós-café, depois de uma pequena “overdose de carboidrato” pela manhã, meus controles têm estado até que bem aceitáveis.

Tenho tido, neste final de gravidez, muito menos escapes. O jejum anda excelente. Tirei 10 com louvores da minha ginco e obstetra.

Percebi que a linha que separa o bom do ruim é muito tênue na gravidez. Por exemplo, normalmente, eu troco o pão de forma integral light pelo pão francês integral, sem miolo, e não tenho alterações glicêmicas consideráveis por esta pequena troca. Na gravidez, eu tenho. Comer duas colheres de sopa de fruta a mais do que o programado também pode ser desastroso.

O pior é exagerar na insulina rápida e comer pouco carboidrato. Lá vai a glicemia despencando…

Tudo é muito sensível na gravidez. O nosso organismo muda muito. E a todo instante reage de uma maneira nova, diferente. Ora, dando boas respostas. Ora…

Aprendi que aprendemos todo dia e o que achamos que sabemos vai por água a baixo num piscar de olhos, numa bobeada.

Mas estou feliz com a minha gravidez e não tenho dúvidas em afirmar que foi a melhor coisa que já me aconteceu.

Para quem quer ficar, eu recomendo muito. Vale a pena todo o sacrifício.

34 ideias sobre “E os controles…

  1. Anderson da Silva Gonçalves

    Lu, sua médica deu bronca por um 202 no pós-café? Então ela te esfolaria por um 206 no jejum! Pois é… foi este meu índice de hoje, assombroso. Mas isso acontece todas vez que a insulina está nas últimas gotas, parece que aquele restinho que sobra no frasco perde o efeito, tenho tido descontroles absurdos a todo momento que antecede um novo frasco de insulina. Veja só como é bem isso mesmo, foi só eu aplicar a nova pela manhã, que em duas horas e meia, a glicemia foi de 206 para 46! Meu Deus do céu, que queda, isso é totalmente prejudicila ao diabético, grandes variações entre pico e ante-pico.

    Andei meio sumido, né? Como anda a vida?
    Forte abraço!!

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Na verdade, minha médica mesmo, deixou passar. Quem me deu bronca foi a nutricionista, a Alessandra. Me mantive na linha, em questão de peso, por causa dela, que pega no pé mesmo! A vida tá boa com essa espera maravilhosa pela chegada do Lucas. Ando meio comilona neste final de gestação. Preciso me cuidar. Não quero ganhar peso, não. Pq isso tb atrapalha o controle glicêmico. Não some, não. Abraço.

      Resposta
  2. roberta

    oi anderson ,quando me tornei diabetica ,recebi varias instrucoes ,uma delas foi para nao usar a insulina ate o fim ,porque ela nao faria o mesmo efeito.Pansei que no Brasil fosse assim tb.
    abraco

    Resposta
  3. roberta

    kkkkkkkkkk, nossa a lenta tinha jogar fora um montao ,morria de do ,ja na makina como coloco de tres em tres dias tb uso ate o talo ,ja a ki fika no frasco nao.
    bjim

    Resposta
    1. Anderson da Silva Gonçalves

      Ah, é isso… valeu pela dica! Já vi que é bem isso mesmo que acontece comigo, porque minha glicemia só chega a 300 quando a insulina tá no finzinho. eu já imaginava até que ia acontecer, sempre que usava as últimas gotas já ia esperando os maus resultados, algumas vezes eu jogava fora na primeira suspeita de que não estáva fazendo efeito, mas desta vez eu acabei usando até o finzinho, e não fio muito bom pra mim. Ainda ontem tive um descontrole danado, mesmo com a insulina nova, o índice foi de 207 manhã, 46 depois, 182 no pós-almoço, 280(!) no pós-café da tarde e 113 antes do lanche noturno. De sorte que hoje já está mais tranquilo. 50 no jejum e 103 no pós-café.

      Grande abraço!

      Resposta
  4. roberta

    nossa anderson, realmente e horrivel ,quando isso acontece ,mais o pior e que acontece ,fico perdida nesses dias ,tentado descobrir o que fiz de errado ,mais as minhas anotacoes me ajudam muito ,anoto minimos detalhes ,tudinho , e sempre que da leio meus livrinhos anteriores , como diz a margarete e dificil imitar o pancreas ne.
    abraco

    Resposta
  5. Margarete Godoy

    Oi pessoal ! Isso acontece comigo também, como disse o Anderson quando minha lantus tá no final, parece que perde um pouco do seu efeito. Uso a lantus por 28 dias.
    Tem uns 2 dias que minha glicose tem dado mais baixa, depois que tirei um pouco mais os carboidratos.
    Oi Luciana vi que você chega a tomar 5U, 6U de humalog, se eu tomar essa quantidade de rápida caio dura. Pois a humalog faz efeito rápido comigo, cai muito rápido, a não ser naqueles dias em que a glicose fica rebelde pra baixar.
    Beijos

    Resposta
  6. roberta

    o maximo que tomei ate hj foi 10u no comeco quando descobri que estava com diabetes ainda internada ,mais desde que comecei as auto aplicacoes as doses variam mais nunca passam de 5u , teve epoca que so duas doses eram suficientes pra comer mais carboidrato que agora , agora estou com a dosagem de 3.5u ,3u e 2.5 ,mais que isso tenho hipos arrasadoras ,que eu tento evitar ao maximo, pois aquela sensacao e terrivel .
    bjim

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      É, como dizem as minhas médicas, na gravidez tudo é diferente. Eu tomo 7U, às vezes, e nunca me deu hipo. Mesmo pq como logo em seguida e sempre de três em três horas, para não dar brecha. E não estando grávida não sei como o meu corpo reagiria. Beijos.

      Resposta
  7. Margarete Godoy

    Oi Luciana e Roberta! O máximo que tomo de humalog é 4U, e tem dia que quando está 300 eu tomo 3U e abaixa, graças a Deus. Bom como os médicos dizem cada organismo reage de uma forma, minha irmã que é diabética tipo 2, chega a tomar também 7U e mesmo assim fica alto.
    Abraços

    Resposta
  8. Fernanda

    Gente,
    Isso depende do nosso fator de sensibilidade à insulina. O meu por exemplo é 35, quer dizer se a glicemia tiver em 205 e o normal é 100, você deve diminuir 205-100=105 e dividir pelo seu fator de sensibilidade, no meu caso 105/35=3.
    Isso seria a dose para corrigir se estivesse em 205. Na prática significa dizer que 1 unidade de insulina ultra-rápida diminui 35 pontos da minha glicemia. No meu caso, claro, porque isso depende de pessoa para pessoa.
    A conta para saber o seu fator de sensibilidade eu trago para vocês amanhã. Está num livrinho fantástico que eu comprei pela internet. Encontrei no site http://www.vitalplus.com.br. Lá tem vários livros sobre diabetes. Trago o nome dos que eu comprei amanhã pra indicar pra vocês.
    Muito bons!
    Sucesso! Bjo

    Resposta
  9. Fernanda

    Os livros estavam aqui com o meu marido. Anotem:

    1) 101 Dicas para conviver com a diabetes
    2) 101 Dicas para mlhorar sua glicemia
    3) Contagem de carboidratos e monitorização: 101 respostas

    Os dois primeiros são da Associação Americana de Diabetes. Se vocês visitarem o site dessa associação (tem aqui no blog, no “vale a pena conferir”) vocês encontrarão uma série desses livros 101 dicas (101 tips), e muitos interessantíssimos! O 3° eu vi a referência aqui mesmo, postada por alguém. Fui olhar e me interessei.

    Estou buscando cada vez mais conhecimento, porque nunca é o bastante para lidarmos com a diabetes, temos que estar sempre aprendendo…
    Bjinhos

    Resposta
  10. Margarete Godoy

    Oi Luciana esse blog tá demais parabens!
    Oi Fernanda obrigada pelas dicas, vivendo e aprendendo!
    Pessoas bem informadas como você Fernanda é isso que todos precisam troca de informações. Super legal! adorei.
    Você tem razão a vida é um verdadeiro aprendizado.
    Beijos 🙂

    Resposta
  11. Margarete Godoy

    Oi Roberta, tudo bem?
    Gostaria que você me falasse com faço a tal conta pra saber o fator de sensibilidade á insulina. Desde já agradeço.
    Como anda seu controle glicemico, espero que bem.
    Beijos

    Resposta
  12. Margarete Godoy

    Oi gente! Vocês devem ter notado que entro quase todos os dias. Amanhã não poderei entrar, pois estarei viajando para fazer o tal laser, só de pensar já fico tensa. Espero que corra tudo bem, pois da última vez que fui fiquei muito nervosa e que eu consiga ficar mais tempo de olhos abertos para que a médica consiga fazer. Na realidade eu falo amanhã, mas é hoje as 15:30, falo assim por trocar o dia pela noite. Agora são exatamente 04:40 da madrugada, quase amanhecendo. E por ficar cansada e com a visão escura não poderei usar a internet.
    Bom Abraços a todos.

    Resposta
  13. Margarete Godoy

    Voltei pessoal, bom fui para Jacareí fazer o tal laser. Cheguei lá fui direto para o consultório, fiz a ficha e fiquei na sala de espera, totalmente tensa. tinha tv, revistas mas nada me distraía, tinha um bebê muito lindo no colo da mãe, ele, quer dizer ela, pois era uma menina ficava me olhando muito era muito fofa, achei estranho um bebê naquela sala de espera, depois fiquei sabendo pela mãe que estava fazendo tratamento, pois tinha pressão alta na vista, uma criança tão pequena como pode? A enfermeira vinha e pingava colírio e ela chorava, mas logo parava pois a mãe agradava de todo jeito, e ela continuava a me olhar. Bom a enfermeira veio e também colocou em mim aquele colírio horroroso que deixa a vista embaçada. Em seguida fui chamada e lá estava eu sentada naquele banco para fazer o laser, tomei tylenol antes, mas mesmo assim doeu em alguns momentos, fiz no olho direito, em seguida fui para a sala de espera com a vista totalmente escura e escorrendo lágrima por causa da luz, sentei na sala de espera novamente para aguardar um pouco até eles me chamarem novamente para fazer no olho esquerdo, quando sentei a menina me olhou estranho e a mãe me disse: ela tá pensando que você tá chorando, aí meu marido falou: sorria para ela, aí eu tive que sorrir pra ela não chorar. Só um bebê tão fofo para me fazer sorrir naquele momento tão ruim.
    Bom quando acabou o laser a médica disse que tinha acabado e que era pra eu voltar lá daqui 6 meses, fiquei preocupada pois daqui 6 meses meu neto ou minha neta irá nascer, aí marquei pra março em vez de fevereiro. Saí de lá com hipoglicemia não conseguia nem andar direito, a sensação da hipo somada a vista escura pós laser. Fui direto para uma padaria e tomei um café, me senti melhor, em seguida fui ao shoppin em São José e fiquei lá andando um pouco. No caminho de volta paramos em uma churrascaria para jantar e acho que abusei um pouco, quando cheguei em casa a glicose estava 307, tive que tomar humalog e pela manhã já estava baixa.
    Bom é isso aí!
    Abraços
    OBS.: Oi Roberta não esqueça de me dizer, como faço a tal conta pra saber o fator de sensibilidade à insulina.
    Beijo

    Resposta
  14. roberta

    oie margarete ,que bom que vc esta de volta ,entao nao foi eu que escrevi sobre essa conta ,tb gostaria de saber como faz .
    bjim, melhoras

    Resposta
  15. Margarete Godoy

    Nossa! Que confusão eu fiz, desculpe Roberta. Será que minha vista tá tão ruim assim rrss, troquei os nomes, foi a Fernanda, quer dizer era pra Fernanda esse pedido.
    Beijos

    Resposta
  16. Margarete Godoy

    Oi Fernanda gostaria de saber como se faz a tal conta para saber o fator de sensibilidade à insulina, qual a fórmula?
    Desde já agradeço
    Beijos

    Resposta
  17. Margarete Godoy

    Oi gente! Ando nervosa, estressada, acabei de fazer o teste agora e está 423, isso me deixa muito preocupada, pois tirei quase tudo que poderia subir minha glicose em questão de alimentos, já faz alguma semana e mesmo assim ela chegou a esse valor, estou com alguns problemas e isso tá me deixando nervosa, irritada e faz subir a glicose. Não sei o que fazer é difícil não ficar nervosa, não ligar para o problema.
    Acabei de fazer o laser a pouco dias, e a médica sempre fala pra eu controlar a glicose e não deixar a pressão subir, isso tá me preocupando queria poder chegar lá daqui a 6 meses e ouvir ela falar: sua retinopatia diabética estacionou não precisa mais fazer laser, não aguento mais fazer laser, é tão estressante para mim.
    O que a gente faz com as mágoas? elas doem…algumas pessoas não entendem a vida de um diabético!
    Abraços

    Resposta
  18. Liana

    Oi!
    Meu nomeé Liana. Tenho 28 anos e sou diabética tipo 1 há 16 anos.
    Estava fazendo uma pesquisa na net e descobri o blog.
    Em Fevereiro/ 2009 tive o meu primeiro filho. Infelizmente, no dia 14/04 ele faleceu. Ele se chamava Pedro. Quando ele nasceu ele teve uma taquicardia, e voltou a ter com 54 dias de vida. Bom… ele não resistiu. Os médicos afirmam que o que ele teve não está relacionado com minha diabetes, já que eu mantive m bom controle durante a gestação… mas fico preocupada… Hoje estou me preparando para engravidar novamente… Gostaria de saber qual era o resultado da Hemoglobina Glicada de vcs quando engravidaram…pois a minha está 7,2… não sei se está boa o suficiente…vou conversar com minha médica…mas queria muito poder engravidar logo…
    Abraços…

    Resposta
  19. Margarete Godoy

    Oi pessoal, mais mágoas hoje, mais irritações, com certeza isso mexe com minha glicose meu controle.
    Tenho vontade de conversar com alguém…
    Abraços

    Resposta
  20. Fernanda

    Oi, Margarete, querida!
    Você sabe que isso te faz muito mal, não sabe?
    Sabe o que eu penso, quando tô chateada com meu mal controle, ou com alguma coisa que me chateia? Penso assim: “NÃO VALE A PENA!”
    O que vale é me cuidar melhor, seguir nessa luta contínua, de todo dia, que por enquanto, não tem fim…
    Imagino que o laser seja realmente muito ruim. Mas vamos torcer! Se Deus quiser, você nunca mais vai precisar disso, minha amiga! Se depender da nossa vontade e da nossa torcida, com certeza!
    Na primeira semana de agosto, viajei a trabalho e passei 5 dias em FORTALEZA.
    Parece maravilhoso, mas enquanto estava lá minha bomba deu defeito (na verdade precisava trocar o catéter e o reservatório de insulina, que já estavam velhos, e isso me fez acordar de terça a quinta com glicemias em quase 400 (de 350 a 390). Durante esses dias, tive ainda outras glicemias muito ruins, a maioria, na verdade. Isso me fez ficar muito triste, desanimada, porque fiz tudo o que estava ao meu alcance e mesmo assim não consegui.
    Agora tudo mudou: minha média da última semana foi 87! Tudo isso porque não quero estar como estive na semana negra (kkk), mas quero sim lutar para conseguir um bom controle.
    Não se estresse, tenha paciência, e faça a sua parte. Existem fatores que não podemos controlar, mas aqueles que podemos devem estar sob nossa direção!

    Sucesso!

    Um abração e melhoras.

    Resposta
  21. Margarete Godoy

    Obrigada Fernanda, tava mesmo precisando de palavras como a sua. Mas tem dias que as coisas parecem estar mais difíceis, aí acabo me estressando a ponto de prejudicar meu controle glicemico. Quando estou no período pré mestrual então nem se fala, meu humor muda totalmente.
    Sei como deve ter se sentindo quando sua glicose ficou alta, sei o quanto é difícil passar por isso. Também estou torcendo por você e por todos desse blog.
    Vou procurar me lembrar de suas palavras quando estiver chateada, estressada.
    Abraços

    Resposta
  22. Karin

    Oi gente! Oi Lu! Esta semana está sendo bem complicada para mim, não amanheci mto bem hoje, n tive uma boa noite de sono, senti meu coração acelerar. Ando ansiosa e preocupada e acho q isso afeta mto uma pessoa que é diabética. Às vezes o q ajuda pe conversar com alguém, desabafar. Mas alguém que possa nos entender.
    Um bom dia a todos!

    Resposta
  23. roberta

    oi karin ,que saudade de vc.queria mesmo noticias ,sabe isso acontce comigo tb ,meu coracao acera ,fiz exames e estava tudo bem .Procura relaxar ,fazer coisas que te deixe feliz .Se quizer conversa ta .
    bjim
    fica com deus

    Resposta
  24. Eduardo

    Luciana

    Prazer em conhece-la, e gostaria de agradecer a oportunidade de interagir com outras pessoas, fraternas e solidarias, e que passam pela experiencia da diabetes.

    Geralmente ouço dizer, que nós temos açucar em demasia, e portanto somos pessoas amargas.

    Mas, creio, que somos sensiveis e preocupados e emocionalmentes bem intensos.

    Já estou nos meandros da 3a. idade, e os meus pais tiveram diabetes. Devido ao um evento cardiologico, devido a hipertensão, me vi na condição de medicação, e consequentemente adiantando o estagio da diabetes.

    Tambem todo medicação para diabetes, e tambem insulina, mas agora estou tentando viver a vida, com menas preocupações, praticando caminhadas, e conversar e aprender para melhorar minha qualidade de vida.

    sou um pouco robusto, e convivo sem doces, mas minha maior dificuldade, é tirar as massas…macarrão, pizza, batata, na verdade tudo que não pode. Tambem gosto muito de queijos..provolone, parmessao…e somente o queijo, fez a glicose ir para 300…

    E nos vamos aprendendo com a vida…entendendo o que nos prejudica….e agora vou aprender com voces !!!

    Parabens, pelo seu trabalho…e espero que voce esteja convivendo melhor com a diabetes, apesar de voce ser uma mocinha, e elegante !!!

    Eduardo

    Resposta
  25. sheila

    oi gente como vai todos espero que muito bem bom eu tanbem sou diabética tipo 1 e tem um ano que descobri que meu filho de 8 anos tambem é tipo 1 falar a verdade meu mundo desabou mais procuro forças em deus e é ´ otimo pode falar com pessoas como eu a verdade é que temos que nós cuidar abraços e beijos a todos

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s