Puxão de orelha


Estou devendo muitas respostas em vários comentários, mas esta vida de mãe está uma correria, quando vejo, o dia passou e eu não consegui fazer nada da minha listinha de afazeres que não incluam o bebê.

O bebê está dormindo e eu aproveitei para correr aqui para o computador. Estou com saudades de todos vocês, os velhos e novos companheiros de jornada. Tem muito comentário interessante rolando e gostaria de participar mais.

A maternidade tem me distraído um pouco da vida de diabética, mas estou com receio de que o meu controle não esteja tão bom assim. Ontem, tirei uma pós-café e estava em 187. Bem ruim, né? O jejum tem dado por volta de 115. Tudo bem, para quem não está tomando remédio nenhum não é uma marca tão desesperadora, mas eu sei que poderia estar melhor, que eu poderia estar me cuidando melhor. Vou ser bem sincera, não sei onde foi parar a Luciana disciplinada. Além de ter feito muito pouco controle durante este período, desde o nascimento do Lucas, tenho abusado dos carboidratos simples. Não sei nem como consigo estar um quilo mais magra do que quando engravidei. Acho que se estivesse seguindo uma dieta mais saudável eu estaria magérrima.

A minha atenção tem estado totalmente voltada para o meu pequeno, e aí eu esqueço de me cuidar. E para quem fazia altos controles isso deveria ser fichinha: tirar glicemia de jejum todos os dias e a pós-prandial duas vezes por semana. Estou um pouco desapontada comigo mesma. E com vergonha de vocês, afinal, sempre fui tão controlada… Mas faço questão de contar, porque eu sou de carne e osso e cometo os meus deslizes. Ainda mais que agora eu sei que não vou prejudicar ninguém se eu der uma escorregada, só a mim. Isso dá um certo alívio, mas ao mesmo tempo faz com que eu não me cuide. Sei lá, não estou pensando muito para me alimentar. Como rápido entre as mamadas e não tenho tempo de pensar em preparar algo saudável… Enfim, mereço um belo puxão de orelha.

10 ideias sobre “Puxão de orelha

  1. Sandra Campos

    Oi Luciana,
    Esses primeiros meses são uma correria, né? Mas uma delícia também…
    Sou a Sandra Campos da Nestlé, peço licença para deixar um recadinho aqui perguntando se você recebeu meu e-mail (no hotmail.com). Gostaria de convidá-la para um evento nesta 4.a feira, seria tão legal se você pudesse vir!
    Aguardo seu contato, OK?
    Abraços e obrigada!

    Resposta
  2. Margarete Godoy

    Oi Luciana é assim mesmo esse período. Você agora é uma mãe dedicada, mas não pode deixar de se cuidar, pois o Lucas precisa de você com saúde. Você precisa estar bem para cuidar dele, não se esqueça disso.
    Por falar em se cuidar, tem ido ao endocrino? RRSS.
    Olha o puxão de orelha! RRSS.
    Bom quanto a mim ando um pouco triste, sei lá tem acontecido algumas coisas que estão me deixando assim.
    Se cuida, ah beijos no Lucas
    Beijos

    Resposta
  3. Joseane M. Gomes

    Oi, Luciana.
    Realmente a vida de “mãe fresca” não é fácil, mas recompensadora. Fique tranquila que essa correria logo passa, e você vai continuar sem tempo para coisas que não incluam o Lucas, rsrsrs. Aliás, ele é lindo, parabéns.
    Só passei para deixar um “oi”. Sigo seu blog há pouquissimo tempo, mas foi amor a primeira leitura. Tive diabetes gestacional há 7 anos, na gravidez do meu “Dudu Faísca” (Eduardo), e após a normalização da glicemia, deixei a vida me levar. Esqueci dos controles periódicos. Há dois meses fui diagnosticada como diabética do tipo 2 e estou aprendendo a conviver com ela numa boa. Difícil mudar a alimentação, principalmente eu, que nunca fui fã das verdinhas. Mas… td. bem né? A gente se vira nos trinta. Por enquanto é só dieta alimentar, um Glifage 500 no jantar e o tal exercício, que eu ainda não tive coragem e tempo de começar. Beijo.

    Resposta
  4. roberta

    lu imagina puxao de orelha ,tudo bem que os controles sao importantissimos ,olha eu nao tenho um bebe ,preciso me cuidar pra ter ,mais ultimamente uma tal de tpm sabe tem me tirado do serio da linha …. onde estao meus controles meu deus ,altos e baixos ,hiper e hipos uma loucura ,mais vai passar estou me esforcando ,com ajuda da minha medica do meu psicologo tudo vai ficar bem tem que ficar ne ,
    bjim pra vc e pro seu lindo principe

    Resposta
    1. Liana

      Olá Luciana.

      Há alguns meses acompanho seu blog. Gostaria de Parabenizá-la. Seu filho é muito fofo!!
      Sou diabética tipo 1 há 17 anos e estou tentando engravidar, então tenho seguido uma rotina dura com os testes de glicemia… mas vale a pena!!

      Abraços
      Liana.

      Resposta
  5. Cristina Alves

    Oi Luciana,
    Acompanho sempre seu blog e acho super importante as trocas que são feitas nele.
    Não sou diabética, meu marido que é há 7 anos, desde os seus 17 anos de idade.
    Gosto de acompanhar todas as histórias que são ditas aqui, e sempre aprendo mais sobre os controles da diabetes.
    Parabéns a você e a todos que participam!!!
    O dia Mundial do Diabetes está chegando, vamos todos particiapar e orientar mais e mais pessoas sobre a doença.
    Bjos

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s