Matéria sobre Diabetes no Correio Braziliense


Oi, pessoal! Bom dia! Hoje, é o dia azul, Dia Mundial do Diabetes, vamos espalhar essa informação e esclarecer as pessoas sobre a doença. Eu dei uma entrevista para a jornalista Silvia Pacheco, publicada hoje no jornal Correio Braziliense. Confiram aqui.

A reportagem traz também a experiência do músico e guitarrista da banda brasiliense Legião Urbana Dado Villa-Lobos, 44, que descobriu-se  diabético tipo 1 aos 11 anos.

Duas informações sairam erradas na reportagem e gostaria de corrigir aqui: eu tive um menino (o Lucas!) há quase três meses, e não uma menina, como foi publicado, há quatro meses. Também nunca me revoltei por ter diabetes, só passei por uma fase de negação um pouco depois de receber a notícia sobre a doença, ficava pensando: “não, não é possível, eu ainda não tenho essa doença” e sai comendo coisas que não podia, até ver meus exames alterados. Mas sempre tive o bom exemplo da minha mãe e via que era, sim, possível ter uma vida normal, prevenindo as complicações. Por isso, eu não usaria a palavra revolta. Negação define melhor o estado pelo qual passei numa fase que durou uns dois meses, no máximo, uns seis meses depois de saber da doença.

De qualquer forma, parabenizo o jornal Correio Braziliense e à jornalista Silvia Pacheco por abordar este tema tão importante no dia de hoje, e com uma visão positiva. Assim como toda a imprensa que divulgou, hoje, informações sobre o diabetes. Esse é o papel do jornalismo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s