Novidades no tratamento do diabetes tipo 2


Novo Nordisk

Em primeiro plano, o CEO da Novo Nordisk, Lars Rebien Sørensen. Eu estou ao fundo, de camisa estampada de vermelho. A foto é de Flavita Valsani.

Fui convidada a participar de um encontro entre pacientes e o CEO da farmacêutica Novo Nordisk, Lars Rebien Sørensen, no dia 23 de fevereiro. O encontro foi parte do projeto de revisão do Novo Nordisk Way of Management, ou Modelo de Gestão da Novo Nordisk, que inclui ainda visitas a outras afiliadas pelo mundo.

Eu e outros nove portadores de diabetes engajados na luta pela melhoria da qualidade de vida do diabético falamos sobre como vivemos com o diabetes, nossos maiores desafios, e o que esperamos para ter uma vida melhor. É claro que a questão de encontrar a cura do diabetes também pautou a nossa conversa. Afinal, essa talvez seja a maior expectativa de todo diabético.

Percebi, ali, observando as colocações de cada um, que também há necessidade de se curar, antes de mais nada, a sociedade em relação ao diabetes. E essa cura passa pelo esclarecimento à população, por meio de programas de Educação, por exemplo; passa por investimento público em saúde e em programas bem estruturados de atendimento ao diabético em todo o país; passa por derrubar o preconceito em relação ao distúrbio, que aumentam o ônus do portador de diabetes, que acaba pagando mais por um plano de saúde, que tem seus prêmios de seguro de vida reduzidos em função da doença, que tem, muitas vezes, dificuldade de conseguir um emprego, que sofre nas escola por desconhecimento dos colegas. A cura passa, ainda, por nós. Quantos de nós precisamos curar o nosso olhar em relação ao diabetes para recomeçar a viver?

Durante o encontro, falou-se também da expectativa em relação ao tratamento. Uma das participantes disse que gostaria de uma insulina de ação ainda mais rápida do que a insulina de ação rápida. Pode parecer estranho, mas não é. Ela comentou que mesmo tomando a insulina de ação rápida, ela tem picos. Outros participantes concordaram. O CEO da Novo Nordisk disse que é isso que eles buscam. O que eles querem, para o futuro próximo, é “imitar”, cada vez mais, por meio de medicamentos a resposta de uma pessoa comum. Seria uma espécie de patche que faria o papel de uma bomba de insulina.

Mas a novidade mais próxima de ser lançada no mercado nacional é o Victoza®. A empresa recebeu em janeiro a autorização do FDA (autoridade sanitária dos EUA) e do Ministério da Saúde do Japão para comercializar o produto nesses países. Na Europa, o produto foi aprovado pela EMEA em julho e já é comercializado na Dinamarca, Alemanha e Reino Unida. Victoza® é o nome fantasia da liraglutida, o primeiro análogo de GLP-1 de dose diária única desenvolvido para o tratamento de diabetes tipo 2. Trata-se de uma molécula que age no pâncreas, estimulando a liberação de insulina na presença de glicose.

Os diabéticos tipo 2 presentes ao encontro ficaram esperançosos com a nova droga. Vamos esperar para ver.

O encontro foi realizado com o intuito de revisar o Novo Nordisk Way of Management, um documento que reúne a visão da Novo Nordisk, seu estatuto e suas políticas, a respeito de assuntos como bioética, ética nos negócios, comunicação, meio ambiente, finanças, saúde global, pessoas, qualidade, entre outros, criado em 2000, levando-se em conta as consultas feitas junto aos públicos de interesse da empresa: comunidade médica, funcionários e, nós, pacientes.

Considero a iniciativa bastante positiva e sou bastante simpática a atuação da empresa por desenvolver programas de apoio ao diabético, como o Programa Novo Dia (já falei sobre ele aqui no blog). Claro que toda empresa tem seus interesses comerciais, mas a a Novo Nordisk parece querer ir além, ouvindo o paciente, como nesse encontro, apoiando programas de Educação de associações de diabéticos, como a Anad e a ADJ, promovendo o Prêmio Imprensa para matérias sobre diabetes, ação que incentiva pautas sobre o assunto.

33 ideias sobre “Novidades no tratamento do diabetes tipo 2

  1. Renata

    Bom dia Lú, que boa noticia de se ler. Sempre é importante as indústrias se preocuparem com novos medicamentos, mas principalmente na opinião dos pacientes, eu ainda no começo estou na luta para encontrar o medicamento certo, estou tomando um ha 1 mês, mas não tenho visto resultados significativos, minha consulta na semana que vem, terei que discutir com a médica, eu sei que peco na prática de exercícios, mas como boa worrklover, sobra pouco tempo. Valeu pela dica, e obrigada por dividir conodco. boa semana

    Resposta
  2. esmeraldo bil

    Parabenizo-a pelas boas informações e pela a dedicação em prol de todos. – Soube que estou diabético há apenas uma semana, confesso, estar meio desorientado. Procuro fórmula que vise melhoria na qualidade de vida. Obrigado por você existir. Bil

    Resposta
  3. JOSE ARLINO

    Tomara que esse medicamento venha logo, porque já é sabido que diabetes não problema só pâncreas e problema em grante parte do sistema digestivo.

    Resposta
  4. jose grunow

    ola novamente lu!tenho acompanhado atraves da rede muitas novidades sobre a cura para a diabetes a maioria fala de transplantes e de novas descobertas com proteinas que sao ativadas no figado!estou muito animado pois acredito que no ritimo que vai logo terao uma cura para esta terrivel doença!segundo eles os testes ja começaram em humanos e logo colocaram os resultados em evidencia.vamos torcer muito!!um braço!!!

    Resposta
  5. solange

    nãosou diabética,porem tenho um irmão que é , e não aceita nem que falemos nessa doença.Isso tem sido muito dificil para nós familiares.Gostei muito das informações repassadas por você Lu. Parabens.

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Solange, tenho um irmão que tb não se cuida, viu? Tenho impressão que os homens tem um pouco mais de dificuldade em aceitar. Posso estar super enganada, mas… Pede pra ele dar uma passadinha aqui, como quem não quer nada. Obrigada. Beijos e volte sempre.

      Resposta
  6. altair

    EM 12 DE ABRIL DE 2011 DESCOBRI QUE TINHA DIABÉTES NO INICIO FOI MUITO SOFRIDO PARA MIM, MAIS DEPOIS FUI ME FAMILIARIZANDO COM A DOENÇA E A DIABÉTES TEM CURA, É PELA BOCA HOJE 5 MESES DEPOIS NÂO TOMO MAIS RÉMÉDIO NENHUM, SÓ FIZ REEDUCAçÂO ALIMENTAR MINHA QUALIDADE DE VIDA HOJE É MELHOR QUE ANTES…..INGERIR MUITA FIBRA…E 3 COLHÉR DE LINHAÇA DOURADA POR DIA……ABRAÇOS…

    Resposta
      1. nane

        ola estou com meu pai com esse poblema nao estou sabendo como me lidar com esse poblema ele enmagreseu muito e agora estar falando coisa com coisa nao sei uqui da pra ele comer tenho a inpresao so du pior

  7. simone

    descobri que tenho diabete tipo 2, na verdade nao e bom, mas da para levar uma vida normal, acho que depois que descobri que tenho minha alimentaçao ate melhorou meu estilo de vida tbm deus abençoe que logo achem a cura para o diabete..

    Resposta
  8. luis moreira

    oi luciana meu nome é luis e sou diabetico tipo2. fiquei muito contente com esta noticia vc pode informar se tem algum resultado positivo no brasil com este medicamento, por que geralmente quando se tem alguma novidade com relação a cura do diabetes as noticias se vão com o vento e nós ficamos sem acompanhar os resultados:
    por favor se tem algum resultado positivo poste aqui e diga onde podemos encontrar este medicamento; parabens por sua pagina e informações que são de muita valia para nós diabeticos

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Oi, Luis! Este medicamento já está no mercado. Minha irmã tem usado e tem tido um bom controle, além de ter perdido 7 quilos em um mês. É vendido em farmácias, com prescrição médica, é injetável, e tem estado em falta em alguns locais depois que a Veja publicou que ele servia para emagrecer, gerando polêmica. Abs.

      Resposta
  9. Fatima M.Wanderley

    Oi Lu,que prazer te-la encontrado.
    Estava eu tão depressiva,tinha acabado de chegar com resutados que não eram nada bons.Sou diabética tipo 2.Ainda não faço uso de insulina.Tenho uma dificuldade enorme com relação a minha alimentação.Não consigo encontrar uma nutricionista para me orientar,elas sempre se preocupam com a parte estética,em relação a diabetes são muito fraquinhas.Gostaria de ter um cardapio que me ajudasse no meu dia a dia.Sera que voce poderia me orientar.Espero contar com sua ajuda,pelo menos para que eu veja no fim do tunel uma luz.O medicamento mencionado,vou amnhã ao médico e comentar.
    Um beijo
    Fatima

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Oi, Fátima! Fico muito feliz em saber que gostou deste espaço aqui. Também estou no Facebook como Viver ComDiabetes! Olha, sobre alimentação, não posso te passar nenhuma dieta, porque não sou da área. Você pode encontrar informações seguras nos sites da Sociedade Brasileira de Diabetes (www.diabetes.org.br) e no da Anad (www.anad.org.br). As associações de diabéticos costumam oferecer serviço de nutricionista. Você mora em São Paulo? Continue passando por aqui e me mantenha informada, por favor. Beijos.

      Resposta
    2. Luciana Oncken Autor do post

      Fátima, algumas coisinhas eu posso dizer: você deve dar preferência a carboidratos integrais (pães, farinhas, massas) e ter um controle sobre a quantidade. Se alimentar em intervalos de no máximo 3 horas. Doce, melhor evitar mesmo, principalemnte se vc não usa insulina e não faz contagem de carboidrato. E atividade física é essencial, pelo menos 3 X por semana, durante 30 minutos. Pode ser uma caminhada. Beijos.

      Resposta
  10. Lucia

    Boa noite, meu nome é Lucia, sou diabetica tipo 2 mais tomo insulina 2 vezes ao dia e minha médica disse que não pode me receitar o Victosa, não consigo controlar minha diabetes, pois como tudo e mais um pouco, ela diz que se perder peso e fazer exercicios fisico, tudo melhora, meu peso é 72kg, oque eu faço, não consigo parar de comer, já controlei bem minha taxa de açucar porque tomei o Rimanobanto, mais infelismente ele não existe mais, só com ele consegui ficar com 4,7 de hemoglobina glicada, hoje estou com 7,9 ou até mais.
    Não temos mais remédios para inibir o apetite, estou desesperada, pois não sei oque fazer, quando como fico com a taxa de açucar alta, estou tomando leite de alpiste e não vi nenhum resultado.
    Me ajude mandando novidades que eu possa usar.
    Obrigada
    Lucia

    Resposta
    1. Lucia

      Bom dia, obrigada pela resposta, meu problema é que a minha medica diz que enquanto minha hemoglobina estiver alta ela não pode passar remédios, então fico na dependencia de emagrecer para baixar.

      Resposta
      1. Luciana Oncken Autor do post

        Lucia, não nenhuma contra-indicação para metformina, que eu saiba. Dá uma consultada nela. Há várias pessoas que usam insulina e metformina ou Glifage combinados. E veja a questão da insulina rápida para melhor controle das taxas. Abs.

  11. Marcos Pinheiro

    A questão é muito complexa. Partece que a interferência dos laboratórios que produzem remédios para o combate a diabetes é muito grande. Vejamos: Aqui no Brasil, mais precisamente em Goiania, um médico, Dr. Aureo Ludovico de Paula, desenvolveu uma cirurgia que reverte a condição d diabético. O Faustão foi uma das pessoas que se submeteu a cirurgia e ficou curado da diabetes. Mas, infelizmente, a cirurgia está proibida no Brasil pelo CFM. Quer saber mais sobre a cirurgia? Acesse: http://veja.abril.com.br/311007/p_092.shtml. Outra situação é que, há mais de dez anos, se trabalha em cima do capim favorito, que combate a alta taxa de glicose no sangue. Foi isso o que descobriram pesquisadores do Instituto de Botânica de São Paulo e da Universidade Federal de Lavras, em Minas Gerais, ao estudar o capim-favorito (Rynchelytrum repens), comum em qualquer beira de estrada. Dois tipos de açúcar presentes na planta parecem baixar em até 50% a taxa de glicose no sangue durante 24 horas. O trabalho foi divulgado pela revista “Pesquisa Fapesp”, publicada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Porém, até hoje não se conseguiu produzir em escala industrial o açúcar proveniente deste capim e muito mesmo terminar a pesquisa. Para saber sobre o capim e suas propriedades, acesse: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u13123.shtml.
    Acho que enquanto existirem os laboratórios, nunca teremos algo que nos traga a cura, pois eles não permitem.

    Resposta
      1. lucia

        Oi tudo bem? Passei em um novo médico e ele tirou minha insulina e passou o galvus met 50/850, no começo me senti muito enjoada, agora ja estou me sentindo melhor, minha taxa de açucar tem ficado entre 120 a180, acho que esta melhor que a insulina, tambem diminuiu a minha vontade de comer, estou achando otimo.
        Obrigada pela sua atenção.

  12. Rui Martins

    Olá a todos !!!
    Em Abril de 2010, foi diagnosticado Diabetes tipo II ao meu filho mais velho, na altura com 10 anos. Como pai, estou sempre á procura das mais recentes novidades para lhe possibilitar a melhor condição de vida possível, o que para um pré-adolescente nem sempre é fácil. Lí com atenção o artigo colocado e acho interessante este novo medicamento, no entanto não existe em Portugal. Será possível encomendar desde o Brasil ???
    Obrigada.

    Resposta
  13. Maria Inês de Oliveira Tondo

    sou diabetica ha quatorze anos usava insulina e começou aparecer abcessos no local da aplicação, já fiz vinte e duas cirurgias para retirar os abcessos. No momento uso Galvus 50/1000, glimipirida 4 mg e quando fico nervosa minha glicose sobe. Fiquei sabendo de um aparelho que injeta insulina pelos poros, mas aparelho é muito caro R$1500,00 reais, fora a manutenção com as ampolas necessárias para aplicação. preciso de um medicamento mais acessivel e de prefencia que controtrole a glicose sem a necessidade da insulina. desde já agradeço.
    Maria Inês

    Resposta
  14. Neuza m.m

    Olá, gostei de ler todos os comentários, porém todos bem diferentes do que ocorre comigo. Sou diabética há 25 anos e tomo insulina há 21, quando engravidei da minha 3ª filha. Tomo dois tipos de insulina:Levemir e Novo Rápid,Metformina e Gauvus Met50/500,e mesmo assim minha glicose ossila muito durante o dia .A glicohemoglobina está acima de 8.0.E tenho uma alimentação controlada . Não sei o que fazer.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s