Efeito Fantástico


Confesso que não assisti ao episódio do último domingo sobre diabetes no quadro do Dr. Drauzio Varella para o Fantástico. Pelos comentários que andei lendo por aí, foi bastante impactante. Assisti ao primeiro. Gostei da abordagem. E o Drauzio é sempre muito didático, tem uma linguagem super acessível. E nada como um programa tão popular falar sobre um tema tão importante. Porque isso leva a uma busca maior sobre informação em diabetes. Senti aqui no blog o que vou chamar de “efeito Fantástico” no interesse por informações em diabetes. Hoje e ontemo blog bombou em visitas. As buscas denunciam que quando a grande imprensa volta seu interesse para certo tema, isso gera um interesse coletivo.

Para quem luta por mais informação, e de qualidade, em diabetes, como eu, isso é um grande passo. Fico muito feliz sempre que o tema está na boca do povo, porque isso pode resultar em pessoas mais bem informadas, diminuindo o impacto da doença na vida das pessoas.

Vou tentar assistir o programa do último domingo para comentar aqui.

E vocês assistiram? O que acharam?

Segue o primeiro episódio, mais geral sobre a doença:

E o segunndo, que fala sobre as complicações:

4 ideias sobre “Efeito Fantástico

  1. Gisele

    Olá Luciana, tenho 30 anos e sou dibética t1 desde os 13 anos, no começo foi bem dificil e é até hj, mas hj tenho mais conciência da doença e sempre procuro me cuidar pq só eu posso fazer isso por mim, a algum tempo visito seu blog, para obter mais informações, a respeito da gestação com diabetes, pois ser mãe é o maior sonho da minha vida, e seu blog é o tem tem de melhor para esse tipo de informação na internet, parabéns, bom a uns 2 meses o meu medico com base nos ultimos exames me disse q eu poderia tentar engravidar, fiquei muito feliz, mas ao mesmo tempo tenho medo, muito medo de não conseguir levar uma gravidez até o fim, ou de prejudicar o meu bebê, não sei ainda se já não estou grávida pois hoje estou com 5 dias de atraso menstrual, e costumo ser regulada qdo tive atraso, nunca foram maiores q 3 dias, mas meu medico disse pra eu esperar 1 semana pra fazer o teste, estou mto anciosa, mas com medo de me decepcionar, mas seja o q Deus quiser…Bom mas o q eu gostaria de lhe perguntar é sobre a sua variação de glicose durante a gravidez, vc teve muitas ocilações, e de qto eram? chegavam até qto? e hipo vc tinha? eram com q frequência? Nossa qta pergunta né, mas se vc puder me ajudar me dando essas informações acho q se sentirei mais confiante, mto obrigada u um grande beijo pra vc e para seu filhinho q é lindo.

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Oi, Gisele! Não tenha medo! Se o médico liberou, é pq vc pode engravidar. Eu fiz o teste com menos de uma semana de atraso e já veio o resultado positivo. No início da gestação, o controle era até fácil, viu? Mas eu sou tipo 2, pode ser que para vc seja diferente. A partir do quinto mês começou a ficar mais difícil. O máximo que tive foi 280 de hiper. E o mínimo foi 52 de hipo. Tinha mais hiper do que hipo. Mas eram hiper não tão elevadas. E as hipos tb não eram tão baixas, mas já o suficiente para eu me sentir mal. A minha médica dizia para evitar ao máximo as hipos, pq são mais prejuduciais ao bebê do que leves hipers. Vai em frente. Coragem. Só assim vc vai ter o seu lindo bebê no seu colo. Um sonho, viu? Amo cada dia mais essa criaturinha. Saiu uma matéria nossa na Claudia Bebê que está nas bancas agora justamente sobre a minha gravidez com diabetes. Tem outras mamães com problemas até mais graves que conseguiram vencer uma gravidez de risco. Vc tb consegue! Boa sorte! E vem aqui contar o resultado, heim? Beijos.

      Resposta
  2. Ana Karina

    Bom dia a todos!
    Nossa Luciana que saudades dos seus posts.
    Eu assisti a matéria do Fantástico e achei beeem impactante. Minha mãe disse que não conseguiu dormir naquela noite. No dia que passei a primeira matéria (domingo retrasado) eu até chorei.
    Mas o importante é todos nós sabermos que quando a gente se cuida, nada daquilo de ruim pode acontecer com a gente e isso só depende de nós mesmas.
    Olha, é muito bom ver esse tipo de matéria e ler também. O seu blog tem tido grande “poder” sobre mim, até conversei sobre isso com minha nutricionista, que também conhece o seu trabalho.
    Adorei quando você disse que diabetes é um estilo de vida. É assim que tento pensar.
    Muito Obrigada
    beijos

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Ana, que bom ver vc aqui de novo! Preciso assistir esse último episódio, viu? Lembro que na época o pessoal da produção do Drauzio Varella me pediu indicação de pessoas, mas eles só queriam histórias tristes. Disse que deviam abordar tb quem vive bem com o diabetes (ou pelo menos tenta, como eu). Acho que eles não se interessaram muito. Talvez achem que histórias tristes tenham mais impacto sobre as pessoas. Que bom influenciar as pessoas para o bem. Ficou feliz! Beijos.

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s