Ser feliz!


Quando crianças, podíamos ser o que quiséssemos. Um personagem diferente a cada dia. Um dia eu sou bombeiro; no outro apresentador de televisão. Um dia eu sou carteiro; no outro, médico. E de todas as formas éramos felizes, porque um dia nunca era igual ao outro. Como jornalista e mãe, meus dias nunca são iguais. Sinto-me feliz!

– Ah! E o diabetes? – você pode estar se perguntando.

Ele faz parte de quem eu sou, mas não toma conta de mim. Eu é que toma conta dele para ele não me dominar.

Um dia feliz para todos vocês!

11 ideias sobre “Ser feliz!

  1. Juliana Cardoso

    Oi Luciana, conheci seu blog agora e gostei muito. Também sou diabética tipo MODY e descobri faz 6 meses. Me identifico muito com seus posts. No início é dificil, mas estou em adaptação, estou aprendendo a cada dia. Beijos

    Resposta
  2. Ana Karina

    Oi Luciana!
    Acredita que estou procurando a revista Claudia Bebê e somente esse final de semana consegui encontrar? Estava em falta em todos os lugares, até que meu noivo encontrou pra mim!
    Nossa, foi interessante, porque até então, eu achava que a gravidez de nós, diabéticas, era de muito risco. Mas lendo a sua reportagem e das demais mães, eu vejo que nós somos privilegiadas…isso porque o nosso “problema”, depende muito de nós, nós podemos ter o controle dele, já alguns outros problemas, não depende dos cuidados da própria mãe!
    Não devemos ficar tristes por termos algum problema e sim ficar feliz por tudo de bom que temos =)
    Parabéns pela matéria na revista! Você é muito linda e o Lucas também.
    Beijos

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Oi, Ana! Quanto carinho, menina! Vc leu a história das outras mamães? Complicado, né? Chega uma hora que o controle fica mais difícil, aí temos de manter a cabeça no lugar, ter fé e ir em frente. Beijnhos.

      Resposta
  3. Nádia Gomes

    Oi Lu… faz pouco tempo que estou acessando o seu blog e a cada post seu eu me identifico ainda mais. Sou diabética tipo 1 desde 2003 e estou me cuidando ao máximo para engravidar. Este é o meu próximo sonho a se realizar. Minha médica pediu controles rígidos de 9 destros/dia durante 15 dias. Essa semana é a nova sequencia de 6 destros/dia e novos horários e doses para aplicar Lantus e Apidra (que já venho utilizando a alguns anos mas sempre de forma errada). Eu não fazia a contagem de carboidratos e ficar me segurando para comer as coisas era um tormento. Aprender a cuidar de mim mesma e controlar a diabetes tem me feito uma pessoa melhor a cada dia. Reencontrei uma colega de escola que tem diabetes tipo I a alguns dias e a proximidade que criei com ela foi incrível! Ter alguém por perto que te compreender, que sabe o que vc sente.. isso faz toda a diferença! Tenho tido mais forças para lutar, estou mais confiante com relação a minha saúde e esperançosa de viver bem e ser uma futura mãe super saudável e ter um bb lindo e transbordando sapude também. Esses controles antes de querer engravidar estão me mostrando como é possível sim viver uma vida “doce” e muito feliz! Muitos sonhos ainda estão por vir e vou realizar todos, se Deus quiser.
    Obrigada pelas palavras que sempre trazem muita confiança e auto estima pro meu coração. Vou continuar a te acompanhar pelo face e por aqui tb. A cada dia me amo mais; a cada dia quero me sentir melhor do que ontem. Vou vencer essa luta! Bjos

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Oi, Nádia! Como me faz bem ler comentários como o seu! Legal ver essa transformação nas pessoas. É melhor aceitar a doença do que brigar com ela, né não? É o tal acordo de paz a que eu me referi em outro post. Sucesso e continue por aqui. Beijinhos.

      Resposta
  4. Fabiula

    Oi Luciana, realmente voce consegue descrever os sentimentos mais comuns a nos diabeticas, parabens pelo trabalho e a internet, as redes sociais e tudo mais é um conforto e uma ajuda enorme a todas nos!! beijos doces.

    Resposta
  5. Anderson Gonçalves

    Lu, será q vc lembra de mim.. kkkkkkkkkk. Eu simplesmente sumi do mapa virtual no q se referia á essa nossa ‘tiabete rsrs’, póis é. Por um bom tempo eu quis esquecer da relação “diabetes – controle”, mas acho q são conflitos naturais q todo diabetico passou, ou vai passar um dia, infelizmente… Foi exatamente por isso q eu não me sentia bem para comentar ou visitar os blogs que tratam do assunto, ate mesmo dei uma pausa no meu, e creio q essa nunca foi a solução. Esquecer, não é a solução. Bom, mas deixando pra la as coisas ruins, eu estou de volta e muito feliz por q estou vendo q seu blog continua bom como sempre, ate melhor! E fiquei muito surpreso com essa postagem, simplesmente maravilhosa, sem palaras… Exatamente a sua cara, kkk… Bjooooo Lu, e prazer em estar aqui novamente!

    Resposta
  6. HenriqueS

    Não sei se o local aqui é adequado, mas comprei uma caneta de insulina ótima e diferente. A gente abastece a seringa e coloca a seringa dentro da caneta que dispara a agulha e injeta ao mesmo tempo. Muito prática pra quem tem pavor, medo ou desconforto com a agulha e a picada. Eles colocaram um filme no YouTube que mostra como funciona. Vale a pena ver e divulgar. http://www.youtube.com/watch?v=SSWzOiViPPw
    Parabéns pelo blog.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s