Viver com Diabetes: homenagem a minha mãe querida


Hoje, minha mãe faz aniversário. Tenho um orgulho imenso dela. Foi ela a responsável por me fazer ver como é possível uma vida saudável com diabetes. Ela é uma pessoa super cuidadosa com o corpo e com a saúde, super controlada e leva a vida numa boa.

O único problema foi o diagnóstico tardio. É bem possível que ela tenha passado por três gestações (sendo uma gemelar) sem ao menos saber que era diabética. Na época, não se pedia esse tipo de exame no pré-natal. Um dos meus irmãos nasceu com 4.250 gramas. Minha irmã mais nova, com 4.650 gramas! Parto normal! E a minha mãe já tinha mais de 40, heim! Os gêmeos nasceram prematuros de seis meses e meio. Somente meu irmão sobreviveu. Minha irmãozinha morreu depois de uma semana na UTI.

Ela descobriu o diabetes aos quarenta e poucos anos. Alguns anos após o nascimento da minha irmã e depois de ter perdido 14 quilos. Foi diagnosticada por uma dermatologista, por causa de uma ferida no pé que não cicatrizava.

Devido ao tempo que ficou sem diagnóstico, tem retinopatia diabética, mas faz o tratamento e está super bem. Sua glicada, desde que descobriu a doença, não passa de 6.0! Isso já faz mais de 20 anos! Não é de se admirar? Ela controla com dieta, atividade física (faz tudo a pé) e medicamento (um só: glimepirida 2 mg uma vez ao dia).

Ela é a prova que, com os cuidados necessários, é possível viver bem com o diabetes.

Mãe, eu te amo!

7 ideias sobre “Viver com Diabetes: homenagem a minha mãe querida

  1. elisakobay

    Uau! Parabéns mesmo para sua mãe! Que bom que se cuida, que bom que se ama, que bom que está bem! Felicidades para ela , e muitos anos de vida, muitos!!!!!

    Resposta
  2. Ana Karina

    Que historia hein! Um exemplo para todas nós!

    Parabéns pra sua mãe Luciana, que todos os desejos dela estejam nos planos de Deus para assim serem realizados.

    Beijos

    Resposta
  3. Karina Lima

    Oi Luciana,
    Não sei se vc lembra de mim, mas foi vc quem me indicou as suas médicas e que hoje são as minhas. Dra. Cintia e Dra. Fernanda. Ontem tive consultas com as duas e a Dra. Cintia me falou que vc tinha marcado consulta com ela. Estou aqui apenas para agradecer a indicação, pois elas hoje me ajudam muito. Hoje uso bomba de insulina e continuo tentando engravidar, mas no meu caso esta um pouco complicado por muitos aspectos. Mas muito obrigada pela ajuda.
    Karina Lima

    Resposta
    1. Luciana Oncken Autor do post

      Claro que lembro, Karina! Que bom que agora elas são suas médicas também e que vc está gostando. Eu é que agradeço o retorno. Continue me mantendo informada. Beijinhos e boa sorte nas suas tentativas.

      Resposta
  4. Alessandra

    Ola,
    Sou Farmacêutica e estou pesquisando um pouco mais sobre os insulino-dependentes, estou fazendo um trabalho onde faço algumas perguntas para os pacientes usuários de insulina como é a vivencia deles, exemplo: quanto de insulina toma por dia e quais tipos entre outras perguntas. Gostaria da sua ajuda para conseguir finalizar minha pesquisa. Se você conhecer algum pacientes insulino-dependente favor entrar em contato comigo pelo email alessandra_far@yahoo.com.br.
    Muito obrigada,

    Alessandra Mesquita

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s