Arquivo da tag: bolos dietéticos

E a sua cidade? O que oferece para os diabéticos?

A Catia está decepcionada com a sua cidade, no interior do Estado do Rio de Janeiro, porque lá não há opções para diabéticos e as que existem são caras demais. Nossa participante de pseudônimo “Sonhadora” é de Portugal e diz que lá também não há muita variedade. Já Joseane está muito feliz com as opções da região de Campinas, interior de São Paulo, e não é para menos, parece que está melhor do que eu aqui em São Paulo. Ela listou no comentário do post anterior os locais que frequenta que oferecem comidinhas diet. Fiquei bege (risos)! São tantos!

E você? Como é a sua cidade nesse aspecto? Liste os locais mais bacanas. E se não há locais, o que você faz para driblar isso? Receitinhas? Divida. Compartilhe com a gente, vai!

São Paulo: melhor cidade do mundo para diabéticos

Avenida 23 de maio

São Paulo, minha cidade querida que completou 456 anos no último dia 25, é a melhor cidade do mundo para ser diabético (se é que isso é possível). Por que? Porque, aqui, temos opções de produtos sem açúcar em muitos e muitos lugares. Não precisamos rodar muito para achar uma doceira, ou uma padaria que tenha produtos especialmente feito pra gente. Os supermercados também trazem variedade de produtos diet. E até alguns restaurantes apresentam, no cardápio, opções dietéticas.

Viaduto do Chá

Estaria perdida se fosse diabética na França ou na Itália, onde é difícil encontrar até mesmo adoçante nos cafés. Às vezes, levava na bolsa para não correr o risco de ficar sem. Nos EUA, há muitas opções, mas é mais fácil encontrar em drogarias e casas especializadas, mas alguns restaurantes, dependendo da região têm oferecido alguma coisa. Mas, sei lá, a sensação que tenho quando vou lá é que até a salada deles engorda.

Sobre o Brasil em geral, peço as minhas colegas de Paraty, Curitiba, Brasília e outras cidades país a fora que relatem.

Meus locais preferidos para comidinhas diet na minha cidade:

SUPERMERCADOS
– Futurama: boa variedade, preço mais baixo.
– Pão-de-Açúcar: grande variedade, mas o preço é salgado.
– Casa Santa Luzia: reserva uma área só pra gente, preço alto.

DOCEIRAS:
– Amor aos Pedaços: boa variedade, excelente qualidade, preço alto.
– Day by Diet: um misto de mercadinho com doceira, fabricam e distribuem para restaurantes, doceiras e supermercados.
– Cristalo: boa e cara.
– Choco Lab: adoro o bolo quente com geléia de amora.

PADARIAS:
– Cepam: a maior variedade.
– Galeria dos Pães: diversas opções

RESTAURANTES:
– Wraps: opção de sobremesa.
– América: doce com preço salgado, mas…

Está com vontade de bolo de chocolate. Por que não?

Ter vontade de comer bolo de chocolate e poder comer bolo de chocolate é uma maravilha, um luxo! Pode parecer bobo para quem tem vontade e vai à padaria ou à doceira da esquinha e compra um pedaço de bolo de chocolate ou um bolo inteiro. Pode parecer bobo para quem sabe fazer um bolo de chocolate e simplesmente faz. Eu não sou de fazer bolo. Minha mãe é, minha irmã é. Meu negócio é salgado. Salmão ao forno. Frango oriental. Invenções. Salgadas, sempre. Dificilmente me arrisco num doce. Bolo? Confesso, nunca fiz. Fazia brigadeirão. Isso era em outra época, quando não era diabética. Perdi a mão. E a receita. Não sei mais fazer brigadeirão.

Justamente por esta inabilidade ou falta de vontade de fazer bolo, ainda mais bolo de chocolate, é que minha vida mudou (exagero, é claro!) depois que encontrei o Bolo Zero da Casa Suiça. Ô… coisa boa! Ninguém diz que é dietético não. Meu marido, que odeia adoçante, gosta do tal do bolo. Ele já comprou do normal, com açúcar, mas prefere o zero. E não é um bolinho qualquer. Tem até recheio! Vocês acreditam?

Quando vou ao mercado, compro logo uns três. Deixo no armário. Quando tenho vontade do meu bolo de chocolate, sinto-me como se estivesse indo até a minha doceira preferida comprá-lo ou pegando os ingrediente para fazer um delicioso bolo de chocolate. Corto uma fatia. Tomo um café com leite para acompanhar. Quando quero incrementar, nada como uma bola de sorvete de creme. Humm… Parece até que pedi um Petit Gateau na melhor doceira da cidade! Tudo bem, eu sei, mesmo sendo diet, há de se ter controle, comer um pedacinho só por vez.

Alegria de pobre? Não senhor. Esse tal bolinho não é nada barato. O sorvete diet também não. Alegria, sim, de diabético. Só acho que os produtos diet deviam ter preços mais acessíveis, porque acabam ficando restritos a uma parcela pequena da população diabética.

E o melhor é que durante a gravidez era um dos poucos alimentos gostosos que não alterava quase nada a minha glicemia. Lógico, o pedaço era bem pequenininho.

Doce diet aos domingos

Aos domingos, costumo ir visitar a minha sogra, que mora na Mooca. Próximo ao bairro, na Vila Zelina, a gigante padaria Cepam faz sucesso, com seus mais de 40 anos de existência e 1.700 metros quadrados. Ela é responsável pelos produtos Village. Na linha diet, há panetones e colomba pascal. Na época de festas natalinas e de Páscoa, eles montam uma grande estrutura, fora da padaria, para dar contar da demanda.

Já fui lá algumas boas vezes. De vez em quando, havia um ou outro doce diet. Pouca coisa. Na última Páscoa, quando estive lá para comprar a minha colomba diet, entrei na padaria e me surpreendi com a quantidade e variedade de doces diet. Impressionante. Nunca vi um lugar com tantas opções, a não ser nas lojas especializadas, que trabalham com produtos muito caros. Lá não. Na Cepam, um doce normal, com açúcar, sai R$ 3,20. Ao passo que o diet, sai por apenas R$ 0,70 de diferença. Ou seja, por R$ 3,90, o que me pareceu bastante justo. E são muito bons.

Agora, sempre que vou a minha sogra, aos domingos, dou uma passadinha lá na Cepam. Cada final de semana, como um doce diferente. Já comi torta de morango, quindim (acredite se quiser!), mil folhas (o melhor), pudim de leite condensado diet. Olha, uma beleza. Aprovadíssimo. E tem muito mais: bomba de chocolate, bomba suiça, diversos mousses, bolos…

Para você que é de São Paulo, ou do ABC, vale a pena passar por lá, mesmo que você não more perto.

Serviço:

Cepam
Rua Ibitirama, 1409
Fone: (11) 2341-6644 / (11) 2137-6644

www.villagecepam.com.br

Ivani é diabética e quer saber qual adoçante é bom para culinária

Recebi esta pergunta da Ivani:

Gostaria de saber qual o tipo de adoçante sem ser líquido, ou seja, em que eu possa usar nas canjicas, pamonhas, bolos… sou diabética.

Ivani, é sempre bom você consultar o seu médico, ou uma nutricionista. Eu não sou muito de fazer bolos, doces, mesmo diet, mas um que a minha mãe usa e que tem um resultado muito bom é o Lowçucar – Culinária. Ele é fácil de usar, porque a medida é sempre a mesma que de açúcar, portanto, nas receitas, basta substituir. Minha mãe faz bolo de milho com ele que fica maraaavilhooosooo. E ele tem o selo da Anad – Associação Nacional de Assitência ao Diabético. E é até mesmo vendido na lojiha deles.

Mas tome cuidado, porque mesmo sendo dietético, é preciso comer pouquinho. Afinal, tem o carboidrato da massa, que se transforma 100% em açúcar.

Bom apetite!

Lowçucar: http://www.lowcucar.com.br 

PS. adoçantes para culinária são sempre em pó.

Um lugar, muitas opções

Quem mora em São Paulo já deve ter visto em alguns supermercados e doceiras produtos da Day by Diet. Mas o legal mesmo é conferi-los na loja própria da empresa. Quem passa na frente nem imagina o que vai encontrar lá dentro. A pintura meio desgastada, num rosa e vinho meio desbotado, esconde o nosso universo. Vale a pena entrar. Fica na Alameda Tietê, entre a Consolação e a Bela Cintra. Bolos, tortas, sorvetes, doces, coberturas, tudo fabricado ali mesmo. E ainda prateleiras repletas de produtos especializados, de outras marcas: de massa pra bolo a vinho para diabéticos (este eu nunca tinha visto). Lá também é possível fazer uma pausa no almoço. Eles servem refeições super lights. Há ainda a opção de levar congelados pra casa. Tudo com baixa caloria. Quer mais? Passe por lá.


Serviço:
Day by Diet
Alameda Tietê, 489
– Jardim Paulista
(estacionamento próprio)
Fones: (11) 3082-4751 / 3082-3973
Fax: (11) 3082-4188
http://www.daybydiet.com.br